Publicidade

05 de Dezembro de 2013 - 07:00

Por AUGUSTO PALADINO

Compartilhar
 

NOVA SÉRIE

A Caoa começou a trazer ao Brasil a nova geração do utilitário Subaru Forester. O modelo chega em duas versões, a 2.0 i-S, com motor 2.0 litros boxer aspirado de 150cv, e a 2.0 XT, com o mesmo propulsor, mas turbinado e com injeção direta de gasolina para render até 240cv. Ambos os propulsores são conectados a um câmbio continuamente variável com tração integral. Por fora, o visual conservador do utilitário chama atenção, mesmo com rodas de 18 polegadas e formas robustas. Os preços partem de R$ 110 mil para o Forester 2.0 i-S e pulam para R$ 135 mil no XT.


ASCENDENTE

A Volkswagen conseguiu retomar a liderança entre os hatches médios com a nova geração do Golf no Brasil. Os números de novembro, de 2.034 carros vendidos, ainda somam o novo com a antiga geração, mas o novo Golf representa 75% do total. O modelo é vendido no Brasil importado da Alemanha desde setembro. O Chevrolet Cruze hatch ficou com a segunda colocação, com 1.714 unidades.


BRASIL À VISTA

A Chevrolet cogita vender oficialmente o Corvette Stingray no Brasil. Impulsionada principalmente pelas boas vendas do Camaro, que já emplacou cerca de três mil carros desde o lançamento, em 2011. O Corvette deve ser exibido no próximo Salão de São Paulo, em 2014, com vendas já no começo de 2015. O preço deve rondar os R$ 300 mil. O Corvette é equipado com um V8 de 6.2 litros e 467cv de potência.


ROTEIRO REVISTO

Após a trágica morte de Paul Walker, que interpretava um dos protagonistas da série cinematográfica "Velozes e Furiosos", as filmagens do sétimo filme da franquia serão adiadas. O novo filme estava previsto para chegar aos cinemas em julho de 2014, mas com a perda do ator de 40 anos, a trama será reescrita para incluir a morte também do personagem, Brian O'Conner. Walker morreu após um grave acidente quando estava de carona a bordo de um Porsche Carrera GT.


FIM DA LINHA

Com a nova geração já lançada, a Mini pôs um fim a produção do atual Cooper na fábrica de Oxford, no Reino Unido. A instalação inglesa produziu exatos 1.041.412 unidades do modelo de 2006 até agora. Além disso, a planta é responsável por construir mais 2,4 milhões de Minis desde de 2001. A Mini agora vai concentrar os esforços na terceira geração do modelo que, chega à Europa no primeiro trimestre de 2014.


NÃO TÁ FÁCIL

Mesmo com o lançamento do 4C e dos planos de expansão para os Estados Unidos, a vida da Alfa Romeo não é das mais fáceis. A marca deve fechar 2013 com o menor número de vendas globais desde 1969, com menos de cem mil unidades. O CEO do grupo Fiat, Sergio Marchionne, até traçou um plano de investimentos para reerguer a Alfa, com a renovação de motores e plataformas nos próximos cinco anos. Mais detalhes do plano serão apresentados no primeiro semestre de 2014.


FORÇA TOTAL

O lituano Zydrunas Savickas entrou para o "Guiness Book of Records" essa semana ao conseguir puxar com seus próprios músculos nada menos que 12 Nissan Note enfileirados. O peso total chega a 12.941 kg. Savickas os arrastou ao longo de cinco metros. A realização da façanha durou exatos 32,9 segundos e deu ao lituano o título de "Maior quantidade de carros puxada por um homem".


FÚRIA ESTELAR

Seis meses depois da Europa, chega ao Brasil o Mercedes-Benz A45 AMG. Com preço sugerido de R$ 259.900, o hatch tem como principal chamariz o motor. Trata-se de um pequeno 2.0 litros turbinado capaz de produzir avassaladores 360cv de potência e 45,9kgfm de torque - é o propulsor quatro cilindros produzido em série mais potente do mundo. Desenvolvido pela divisão esportiva da marca alemã, ele vem com tração integral e câmbio sequencial de sete marchas de dupla embreagem. Com esse conjunto, o A45 AMG sai da inércia e chega ao 100km/h em 4,6 segundos. A velocidade máxima é eletronicamente limitada a 250 km/h.


DE VOLTA À ATIVA

A nuvem negra sobre a Saab parece começar a se dissipar. A marca sueca voltou a produzir o sedã 9-3 na última segunda-feira, sob a batuta da NEVS - sigla para "Veículos elétricos suecos nacionais", controlada por investidores japoneses e chineses. A China receberá as primeiras unidades do sedã, por enquanto movido somente por um motor turbo a gasolina. O atual 9-3 é quase igual ao lançado pela marca quando ainda estava sob o guarda-chuva da GM, mas teve pequenas mudanças nos faróis. O modelo deve chegar à Europa ainda em 2014.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?