Publicidade

22 de Maio de 2014 - 06:00

Por AUGUSTO PALADINO

Compartilhar
 

INJEÇÃO DE FORÇA

O Renault Mégane RS nem chegou ao Brasil e já ganhou uma versão ainda mais potente. A fabricante francesa batizou de Mégane RS 275 Trophy a configuração com 10 cv a mais, que entrega 275 cv e torque máximo de 36,7 kgfm com o propulsor de quatro cilindros 2.0 litros turbo. Os consumidores ainda podem adquirir o modelo com um novo sistema de amortecedores ajustáveis e pneus especiais para as rodas de liga leve de 19 polegadas. O carro será vendido em cerca de 20 países.


PROTEÇÃO DE LUXO

A Harley-Davidson passou comercializar sua linha de capacetes no Brasil. São três tipos: modulares, fechados e abertos, com viseira. O casco é produzido em policarbonato e todos têm sistema de ventilação. Os preços sugeridos ficam em R$ 690 na versão fechada, R$ 940 na aberta e R$ 1.365 na articulada - os dois últimos têm viseira com sistema "one touch", que se abre ao apertar um botão e pode ser acionado com apenas um dedo. As cores são preto fosco e preto brilhante.


ESPORTIVIDADE EM MARCHA

Começam em julho as vendas da versão 2015 do Nissan 370Z Nismo. O esportivo mantém o motor V6 3.7, que entrega 354 cv de potência e 38,2 kgfm de torque máximo. Em compensação, ganha nova opção de transmissão. Além do câmbio manual de seis marchas com sincronização de rotação contínua, há agora disponível um automático com sete velocidades e trocas manuais por aletas no volante. Novos amortecedores esportivos, barras estabilizadoras, molas, freios e spoiler traseiro também estão entre as novidades.


LARGA ESCALA

A Ford atingiu a marca de produção de um milhão de motores Sigma na fábrica inaugurada no final de 2009 em Taubaté, no interior de São Paulo. Os propulsores 1.5 e 1.6 têm 16 válvulas e equipam modelos como o novo Fiesta, EcoSport e Focus na América do Sul. Eles ainda são exportados para o novo Fiesta produzido no México e o Focus montado na Alemanha e na Rússia. Além de Taubaté, os Sigma são produzidos em Bridgend, no País de Gales, em Chennai, na Índia, e em Changan e Chongqing, na China.


NERVOSINHO

A Dodge apresentou o novo Challenger SRT 2015 na versão "normal" e na mais endiabrada Hellcat. Com o motor 6.2 HEMI V8, a potência no Challenger SRT, a potência subiu de 477 cv para 492 cv, enquanto o torque máximo foi de 65 kgfm para 65,6 kgfm. Já na versão Hellcat, o propulsor tem 6.4 litros e recebe um compressor volumétrico, o que catapulta a potência acima dos 600 cv - o número exato é mantido em sigilo. Ambas as versões podem receber câmbio manual de seis marchas ou automático de oito velocidades e começam a ser produzidas no último quadrimestre de 2014 em Brampton, no Canadá.


VELOZ E FURIOSO

A Audi mostrará no encontro anual de Wörthersee, entre 28 e 31 de maio, em Reifnitz, na Áustria, uma versão endiabrada do seu S3. O A3 Clubsport Quattro Concept é alimentado por um propulsor 2.5 TFSI de cinco cilindros calibrado para render surpreendentes 525 cv, torque de 61,2 kgfm e tem câmbio automático de sete marchas e tração integral. Com peso de 1.527 kg, o sedã esportivo vai de zero a 100 km/h em 3,6 segundos e pode chegar à máxima de 310 km/h.


AVENTURAS EM SÉRIE

- Na prematura linha 2015 do Jimny, da Suzuki trouxe, novidades na versão 4Sport. Nela, os para-choques foram repaginados e passam a ser produzidos com peças modulares com fixações externas. Ganhou ainda snorkel, frisos laterais e um apoio para o pé embutido na lateral à frente das rodas traseiras, para facilitar o acesso ao bagageiro. A versão 4Sport custa R$ 64.990. Já as versões 4All e 4Sun têm preços de R$ 58.990 e R$ 62.990, respectivamente.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?