Publicidade

13 de Março de 2014 - 18:55

Por Tribuna

Compartilhar
 
População recebe orientações e faz exames no Dia Mundial do Rim, na Praça da Estação
População recebe orientações e faz exames no Dia Mundial do Rim, na Praça da Estação

A campanha do Dia Mundial do Rim atendeu nesta quinta-feira (13) 1.150 pessoas na Praça da Estação, no Centro de Juiz de Fora. Durante o evento, também foram feitos 800 exames de urina. O objetivo da iniciativa, ocorrida em todo o país, foi alertar a população sobre os riscos da doença renal crônica. Na cidade, a realização foi da Fundação Instituto Mineiro de Estudos e Pesquisas em Nefrologia (Imepen) em parceria com a Liga Acadêmica de Prevenção às Doenças Renais da UFJF. Quem esteve no local aprovou a ação: "Acho que qualquer campanha é importante. Foi participando de uma delas que descobri minha diabetes. Estas iniciativas, além de prevenirem as doenças, servem para orientar as pessoas sobre o assunto. Se houvesse mais campanhas deste tipo, não existiriam tantas pessoas doentes, principalmente porque elas descobrem quando a doença já evoluiu", afirmou o aposentado José de Oliveira, 77 anos.

"A participação revela que a população está alerta sobre a doença renal, e hoje a procura por informações está muito maior", afirma o médico Alex do Vale Costa. Ele ainda diz: "A campanha é uma forma de mostrar para a população que a melhor forma de se evitar a doença renal é a prevenção, fazendo o controle com o médico da família e a consulta anual", alerta o médico. "Vim participar para saber como estava minha saúde e por ser gratuito. Às vezes, é difícil ter acesso a estes exames no posto", revela a vendedora autônoma Raquel Rosângela Pinto Ramos, 41.

Antes dos exames, as pessoas eram orientadas a preencher um questionário sobre seu histórico de saúde. Posteriormente, os voluntários eram submetidos a testes de urina, aferição da pressão arterial, glicemia capilar, cálculo do índice de massa corpórea (IMC) e orientações sobre a prevenção e tratamento da doença renal crônica, alimentação saudável e saúde bucal. Ao final, a pessoa recebia avaliação de um profissional. Em caso de alteração nos exames, eram orientados a procurar um médico de sua confiança. Para alertar sobre a importância da data, até 17 de março diversos monumentos do país serão iluminados com a cor amarela. Na cidade, a iluminação diferenciada é feita no Morro do Cristo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?