Publicidade

16 de Janeiro de 2014 - 07:00

Multas foram aplicadas apenas nos 14 primeiros dias deste ano

Por Tribuna

Compartilhar
 
Na Av. Brasil, próximo à rodoviária, carro ignora sinalização e trafega em faixa para ônibus
Na Av. Brasil, próximo à rodoviária, carro ignora sinalização e trafega em faixa para ônibus
Infração se repete na Coronel Vidal em trecho de início da pista exclusiva, no Cerâmica
Infração se repete na Coronel Vidal em trecho de início da pista exclusiva, no Cerâmica

Quase dois meses após a destinação de faixas exclusivas para o transporte público e táxis, implantadas em pontos da Zona Norte e da área central, o desacato à determinação continua. Segundo a assessoria da Settra, nos 14 primeiros dias deste ano, 215 motoristas foram multados por trafegar irregularmente nos locais. O número representa uma média de 15 autuações por dia até a última terça-feira.

A Tribuna percorreu os pontos em horários diferentes e constatou o desrespeito. Em menos de 15 minutos, mais de dez veículos, incluindo caminhões e motos, transitaram pela Rua Coronel Vidal, no Bairro Cerâmica, Zona Norte, na pista destinada ao transporte coletivo. A situação foi flagrada na última terça-feira, por volta das 16h. Nesta quarta-feira (15), novamente, a equipe de reportagem identificou vários carros utilizando a faixa para ônibus na Avenida Brasil, altura do Bairro São Dimas, na Zona Norte, durante a tarde. No local, veículos aproveitam o espaço para ganhar velocidade, mas sujeitam-se à multa.

As faixas exclusivas integram o projeto "JF+mobilidade", conjunto de ações que pretende otimizar o sistema de transporte coletivo no município. No total, um trecho com pouco mais de sete quilômetros ganhou as pistas exclusivas. A Avenida Brasil, no sentido Centro/bairro, entre a Rua Américo Lobo e o Viaduto Ramirez Mozzato Gonzalez, recebeu 3,5 quilômetros. Já a Rua Coronel Vidal, sentido bairro/Centro, passando pela Rua Henrique Burnier e Avenida Brasil, até a altura da Rua Ewbank da Câmara, recebeu mais 3,6 quilômetros.

Segundo a Settra, na Avenida Brasil, onde a faixa é exclusiva para ônibus e táxi, a infração é média, e o valor é de R$ 85,13, sendo descontados quatro pontos na carteira. Já na Avenida Rio Branco, onde já existiam as faixas para ônibus na pista central, a infração é considerada leve, e a multa é de R$ 53,30 e acumula-se três pontos na CNH.

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?