Publicidade

06 de Junho de 2014 - 11:53

Por Tribuna

Compartilhar
 
Vistoria aconteceu na manhã desta sexta-feira (6)
Vistoria aconteceu na manhã desta sexta-feira (6)

Atualizada às 20h37

A construção da nova estrada que vai a ligar a BR-040, na altura da Barreira do Triunfo, na Zona Norte, à MG-353, na localidade de João Ferreira, município de Coronel Pacheco, está em fase de terraplanagem. Nesta sexta-feira (6), uma comitiva, com a presença do prefeito Bruno Siqueira (PMDB), do deputado federal Marcus Pestana (PSDB), de representantes do Departamento de Estradas de Rodagens de Minas Gerais (DER/MG) e da Concer, realizou uma visita técnica ao local, percorrendo todo o trajeto, que integra a malha estadual. 

O objetivo da visita foi conferir o  andamento dos trabalhos. "A estrada está em um estágio bem avançado. O tempo colaborou, pois não tivemos chuvas nesse período, o que permitiu o avanço das obras. Não há problemas com o orçamento, e o cronograma está dentro do prazo. Nossa expectativa é de que, até o primeiro semestre do próximo ano, a estrada seja entregue", afirma o coordenador da Agenda de Desenvolvimento da Zona da Mata, Jackson Fernandes Moreira Júnior. O orçamento de R$ 51 milhões faz parte do programa do Governo estadual "Caminhos de Minas" que, ao todo, prevê investimentos de R$ 3,2 bilhões em rodovias mineiras, pavimentando quase dois mil quilômetros.

De acordo com o engenheiro de obras da Concer, Altino Teodoro, a etapa de terraplanagem, nesse momento, está sendo executada até no km 773, próximo ao viaduto da BR-040. A estimativa é de que a terraplanagem seja finalizada até dezembro. 

A nova rodovia com 13,8 quilômetros deve beneficiar o acesso de veículos pesados ao Aeroporto Presidente Itamar Franco e, consequentemente, escoar este fluxo para fora do perímetro urbano. "Vai desafogar principalmente o trânsito na região do Bairro Grama, uma vez que as carretas e os carros que vêm da Zona da Mata poderão se deslocar até a BR-040 sem passar pelo Centro de Juiz de Fora", afirma o prefeito. 

Segundo Jackson Fernandes, o novo traçado vai favorecer principalmente a região de Ubá, Rio Branco, Ponte Nova e Viçosa. "Temos vários benefícios, o primeiro é criar essa integração com esses municípios. Outra questão é tirar do Centro da cidade esse fluxo de caminhões, que vem dessas regiões industriais. Ao mesmo tempo, ainda liga-se o corredor da 040 ao aeroporto", conclui o coordenador da Agenda de Desenvolvimento da Zona da Mata.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?