Publicidade

07 de Abril de 2014 - 11:25

Por Tribuna

Compartilhar
 

Uma adolescente de 17 anos foi apreendida depois de apresentar um carteira de identidade roubada para ter acesso a uma boate na Cidade Alta, em Juiz de Fora. O crime foi registrado depois que a proprietária do documento, uma advogada de 24 anos, também tentou entrar na casa e foi impedida pelo segurança, na madrugada desse domingo (6). O cartão de consumo da suspeita foi bloqueada, e ela foi pega quando se dirigiu ao caixa para saber o motivo do bloqueio.

A advogada contou aos policiais que sua identidade havia sido levada em 2012, durante um roubo a sua residência, conforme foi registrado em boletim de ocorrência na época. Já a adolescente relatou que conseguiu o documento no ano passado, com uma colega de classe, trocou a fotografia da verdadeira proprietária e depois plastificou a identidade. Conforme o boletim de ocorrência, a suspeita foi encaminhada para delegacia sob responsabilidade de uma amiga, já que mora sozinha e não tem parentes na cidade.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?