Publicidade

02 de Dezembro de 2013 - 11:50

Por Tribuna

Compartilhar
 
BR-040 ficou interditada após queda de árvores e barreira na tarde de domingo, em Santos Dumont
BR-040 ficou interditada após queda de árvores e barreira na tarde de domingo, em Santos Dumont
Motoristas tiveram dificuldade em trafegar pela estrada de acesso a Rosário de Minas, nesta segunda
Motoristas tiveram dificuldade em trafegar pela estrada de acesso a Rosário de Minas, nesta segunda
Barreira interrompeu tráfego na BR-040, na altura de Olaria, na noite de domingo
Barreira interrompeu tráfego na BR-040, na altura de Olaria, na noite de domingo

Atualizada às 21h10

As fortes chuvas dos últimos dias também comprometeram vários trechos de rodovias estaduais e federais da região. Algumas tiveram suas pistas interditadas devido a alagamentos ou deslizamentos de barranco. Um trecho da BR-040, no km 778, na altura do Distrito Industrial, ficou alagado nesta segunda-feira (2) na alça de retorno sentido Rio de Janeiro/Juiz de Fora, entre 5h e 19h55. Com isso, os veículos que seguiam nesta direção tiveram que fazer o retorno seguinte, dois quilômetros à frente. À noite, o segmento foi liberado para o tráfego, mas a Concer continuava fazendo o monitoramento no local. 

Ainda na mesma rodovia, o km 747, próximo à cidade de Santos Dumont, ficou interditado das 15h às 22h de domingo depois de deslizamentos de talude e quedas de árvores na pista. O biólogo Rafael Almeida trafegava em direção a Juiz de Fora e registrou como ficou o local após a queda do barranco. Uma pancada de chuva atingiu o local por volta das 16h de domingo. Rafael ficou cerca de três horas aguardando a liberação do caminho.

Na BR-267, no km 177 próximo à cidade de Olaria, a queda de barreira, na noite de domingo, deixou  a via interditada, antes do trevo que dá acesso ao município, no sentido Juiz de Fora/Caxambu. O trânsito não pôde ser liberado no mesmo dia, e os trabalhos para desobstrução foram retomados ontem, quando o tráfego foi normalizado.

Também houve estragos nas rodovias estaduais da região. Na LMG-874, antiga União e Indústria, nos kms 5 e 6 em Matias Barbosa, o trecho foi interditado na madrugada de domingo devido a um alagamento. De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), o Rio Paraibuna transbordou, avançando sobre a pista. O trecho foi sinalizado, e a PRE e o Departamento de Estradas e Rodagens (DER) estiveram no local ontem. No final da tarde, a passagem foi liberada. 

No acesso a Rosário de Minas, os motoristas enfrentaram pontos de alagamento e de queda de barreiras, que impediram a circulação de ônibus. Segundo o morador José Vitor Carmo, "não é a primeira vez que isso acontece. Todo período chuvoso é o mesmo problema". 

O sargento da PRE Ademilson José Paula alerta para o risco dos trechos sinuosos em que o motorista precisa ter atenção redobrada no período chuvoso, evitando ultrapassagens proibidas e mantendo a velocidade reduzida. Na MG-353, é necessário atenção entre Juiz de Fora e Coronel Pacheco, nos km 56 a 70. Outro trecho da mesma via que precisa de alerta está entre a BR-040 e Santa Bárbara do Monte Verde. Já na LMG- 874, o segmento que liga o Retiro à entrada de Matias Barbosa tem muitas curvas e por isso exige maiores cuidados dos condutores nesta época.

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?