Publicidade

26 de Fevereiro de 2014 - 14:10

Por Tribuna

Compartilhar
 
Jovens foram para a Rio Branco com faixas
Jovens foram para a Rio Branco com faixas

Alunos das escolas estaduais Delfim Moreira e Escola Normal fizeram mais um protesto na manhã desta quarta-feira (26), em Juiz de Fora. Os estudantes se reuniram, às 7h, em frente à uma das instituições na Avenida Itamar Franco com a Espírito Santo e saíram em passeata até a Avenida Rio Branco. O motivo das manifestações, apoiada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), é a superlotação das salas de aulas em virtude do artigo da resolução nº 2.442 de 2013, da Secretaria de Estado de Educação, que só permite a abertura de classes noturnas com determinadas exigências, entre elas, a idade mínima de 18 anos para os alunos ou carteira de trabalho assinada. Além disso, os estudantes e professores também reclamam da precariedade nas estruturas dos prédios das instituições, como as salas de aula e os banheiro.

Além da manifestação, os professores da rede estadual estão paralisados nesta quarta. A razão é a demora para o Governo estadual agendar a negociação salarial com a categoria. A pauta com reivindicações da classe foi entregue à Secretaria de Educação no início de fevereiro, e desde essa data ainda não houve resposta. Uma assembleia para definir as novas decisões a serem tomadas está marcada para ser realizada nesta tarde em Belo Horizonte.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?