Publicidade

08 de Fevereiro de 2014 - 18:59

Durante cerimônia, governador recebeu pedido de melhorias na segurança e falou de possibilidade de aumento do efetivo policial na cidade

Por Hélio Rocha

Compartilhar
 

O governador Antonio Anastasia (PSDB) inaugurou, neste sábado (8) em Juiz de Fora, a Central Operativa da Rede de Urgência e Emergência Macro Sudeste, o Samu Regional, que atenderá 94 municípios. Na ocasião, também foi anunciado o início das obras de expansão do Hospital Maternidade Therezinha de Jesus, que irá integrar a rede, e entregues 39 ambulâncias. Ainda durante o evento, foi entregue a Anastasia um documento assinado por diversas entidades e pela própria Prefeitura, pedindo melhorias urgentes na Segurança Pública da região. Apesar de não ter incluído em seu discurso oficial, segundo informações da PJF, o governador teria acenado ao prefeito Bruno Siqueira (PMDB) a possibilidade de aumento do efetivo de policiais civis e militares em Juiz de Fora, além de ter prometido a implantação do programa "Olho vivo" ainda este ano.

A conversa aconteceu antes da inauguração, quando governador e prefeito discutiram a questão da violência em Juiz de Fora. No encontro, Anastasia teria sinalizado a possibilidade de aumentar o número de policiais, item que estava incluído na carta entregue durante o evento. Em seu pronunciamento, Anastasia mostrou-se preocupado com a situação da cidade e afirmou que é preciso mais que o simples aumento do número de policiais. "Temos de investir em inteligência e ações preventivas, de modo a acabar com essa 'cultura da violência' que temos em nosso país."

Samu Regional

A inauguração, realizada em frente à sede do Samu Regional, em um prédio ao lado do Hospital Regional de Urgência e Emergência, no Bairro São Dimas, Zona Norte, contou com a presença do secretário de estado de Saúde, Alexandre da Silveira, além de seus antecessores na pasta, Antônio Jorge Marques e o hoje deputado federal Marcus Pestana (PSDB). Também estiveram presentes o presidente da Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Pimenta da Veiga, os deputados estaduais Lafayette Andrada (PSDB) e Wilson Batista (PSD), o presidente da Câmara Municipal, Julio Gasparette (PMDB), o reitor da UFJF, Henrique Duque, os comandantes da Polícia Militar (PM) e do Corpo de Bombeiros, além de lideranças religiosas.

Em pronunciamento, o governador disse que a criação das redes de urgência e emergência nas macrorregiões de Minas tem sido responsável por reduzir o número de mortes em ações emergenciais no estado. "A situação de urgência e emergência é uma das que mais tira vidas. A taxa de mortalidade é alta, mas em Minas Gerais este número decresce. Isto porque investimos nesta área e buscamos a eficiência em cada real aplicado." Ele explicou que o diferencial da Rede de Urgência e Emergência está em não conduzir o paciente em situação grave para o hospital mais próximo, mas sim em transferi-lo, no menor tempo possível, para o local correto, ou seja, aquele especializado no atendimento de que a pessoa necessita. Desta forma, seria garantido o atendimento do usuário por uma equipe especializada.

Dois ex-secretários que idealizaram o sistema, Antônio Jorge Marques e Marcus Pestana, foram lembrados pelo atual titular da pasta de Saúde, Alexandre da Silveira. "Estamos implantando aqui um modelo inovador, idealizado pelo trabalho destes dois juiz-foranos que contribuíram para a saúde pública de nosso estado."

Os hospitais serão classificados de acordo com a capacidade de atendimento de cada um, em quatro níveis. Dos 20 hospitais conveniados à rede, três serão de Juiz de Fora: Therezinha de Jesus, João Felício e Santa Casa de Misericórdia. O Hospital Regional, vizinho à sede do Samu, também integrará a rede, encarregado de receber pacientes de outras unidades após o atendimento emergencial. Ele deve ficar pronto em 2015. Após os pronunciamentos, Anastasia ganhou um uniforme do Samu do presidente do Consórcio Cisdeste, que vai administrar a rede, o prefeito de Leopoldina, José Roberto de Oliveira (PSC). Depois, ele visitou as dependências da sede regional do Samu.

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?