Publicidade

17 de Março de 2014 - 09:28

Manifestantes pediam a instalação de redutores de velocidade e radares na rodovia

Por Tribuna

Compartilhar
 

Após a morte de um motociclista de 37 anos e o capotamento de um carro, moradores de Igrejinha e do núcleo urbano de Humaitá fecharam a BR-267 por duas horas e meia, no início da noite deste domingo (16), para pedirem mais segurança no trecho da estrada que corta as localidades. De acordo com o chefe da 5ª Delegacia da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Juiz de Fora, Armstrong de Carvalho, os manifestantes queriam a presença da imprensa para que a reivindicação sobre a instalação de redutores de velocidade e radares no local fosse registrada. O protesto teve fim por volta das 20h30 mas, segundo Armstrong, a população promete fazer novo ato às 16h da próxima quinta-feira.

Ainda conforme a PRF, o acidente fatal vitimou um morador de Igrejinha, o que teria causado ainda mais comoção. A batida entre uma Honda XR 250 cilindradas e um Chevrolet Corsa, emplacados em Juiz de Fora, foi registrada às 17h10 no km 123. A moto seguia no sentido Lima Duarte/Zona Norte, quando houve o choque contra o carro, que estaria manobrando para acessar o trevo de Humaitá. O condutor da Honda não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Cerca de dez minutos depois, um Chevrolet Ipanema capotou e saiu da pista no km 124, a cerca de um quilômetro do primeiro acidente. Conforme a PRF, o motorista, 35, sofreu lesões leves. Ele foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte.

O chefe da PRF adiantou que vai tentar junto ao Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) buscar meios de melhorar a sinalização no trecho da 267, considerado perigoso por ser composto por um declive seguido de curva, que coincide com o acesso a Humaitá. "Há tempos os moradores estão com essa reivindicação. Querem radar ou quebra-molas para reduzir a velocidade. Ontem, como houve essa morte, ficaram mais exaltados e fecharam a rodovia."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?