Publicidade

20 de Março de 2014 - 20:19

Por Tribuna

Compartilhar
 
Ciclistas reivindicaram maior atenção do Poder Público
Ciclistas reivindicaram maior atenção do Poder Público

A falta de ciclovias em Juiz de Fora voltou a ser discutida nesta quinta-eira (20) durante audiência pública na Câmara Municipal. O debate foi solicitado pelos vereadores Chico Evangelista (PP), José Márcio (PV), José Fiorilo (PDT) e Noraldino Júnior (PSC). "A estrutura do sistema cicloviário é muito mais barata que qualquer outro modal. Teoricamente as vias já estão prontas. Juiz de Fora está caminhando na contramão do desenvolvimento urbano, uma cidade que não tem incentivo ao uso de bicicleta", declarou a ciclista Aline Rocha, que participou do encontro.

"A ciclovia nas margens do Paraibuna é o primeiro passo, mas a cidade precisa estar conectada. Não adianta eu ter segurança no deslocamento em uma via e não conseguir ir para as demais", declarou a urbanista e ciclista Mariana Redelatto. Em relação à criação de uma rede cicloviária, o secretário de Governo, José Sóter de Figueirôa, disse que há um estudo preliminar ao longo do Rio Paraibuna, que estará em acordo com o plano de mobilidade urbana.

Enquanto não há um plano diretor cicloviário e de mobilidade urbana, o secretário afirmou que foi adotada como medida paliativa a realização de uma ciclofaixa desde a ponte do Manoel Honório até o Viaduto Augusto Franco, com o custo total estimado em R$ 600 mil. No entanto, não há previsão de início da construção, pois ainda é preciso identificar a fonte de captação de recursos. O tempo gasto para concretização seria entre quatro e seis meses. Figueirôa também relatou que haverá um aumento na extensão do trecho de contorno para os ciclistas na Via São Pedro.

Com relação ao projeto da ciclofaixa nas margens do Paraibuna, a urbanista Mariana Redelatto se posicionou: "Acho um passo importante, mas a gente entende que isso não é mobilidade. Juiz de Fora tem até março de 2015 para apresentar um plano. Caso ele não seja entregue nesse prazo, o Município perde o direito aos recursos da federação. Projetos isolados de ciclovias e ciclofaixas não resolvem."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a proibição de trote nas ruas de JF, como prevê projeto aprovado na Câmara?