Publicidade

17 de Janeiro de 2014 - 19:09

Por Tribuna

Compartilhar
 

Dois casos de assaltos com bandidos armados e usando capacetes foram registrados, na manhã desta sexta-feira (17), pela Polícia Militar, em menos de uma hora e meia, em diferentes regiões da cidade. Um deles foi numa loja que funciona como correspondente bancário, na Rua Doutor Costa Reis, no Bairro Ipiranga, Zona Sul, por volta das 11h30. De acordo com a proprietária do local, 41 anos, quando ela estava atendendo clientes, o homem, com um capacete na cabeça trajando capa de chuva de motociclista, de posse de um revólver, entrou na loja e anunciou o roubo.

Ele determinou que a mulher entregasse todo o dinheiro que estava no caixa, a quantia de R$ 2.500. Ainda segundo a vítima, do lado de fora do estabelecimento, outro homem em uma moto, também trajando capa de chuva, deu cobertura à ação criminosa. Depois de subtrair o dinheiro, o bandido deixou o local e embarcou na garupa da moto. A dupla fugiu em seguida, tomando rumo ignorado. Depois de acionada, a PM fez rastreamento pelo bairro, mas os suspeitos não foram localizados.

O segundo caso foi registrado mais cedo, na Rua Bezerra de Menezes, no Nova Era, região Norte, por volta das 10h, em uma lan house. De acordo com o boletim de ocorrência, uma mulher, 26, e dois homens, 23 e 47, estavam no interior do estabelecimento, quando dois homens com os rostos cobertos por capacetes e armados de revólver pararam na porta de vidro, que dá acesso ao local e só é aberta por um funcionário. A dupla solicitou entrada, mas o atendente pediu, pelo interfone, que os dois tirassem os capacetes. Eles retiraram os equipamentos e, quando a porta foi aberta, anunciaram o roubo e mandaram todos deitarem no chão. O cliente de 47 anos teve a arma apontada para sua cabeça, enquanto um dos criminosos retirou do bolso dele a quantia de R$ 680 e um celular.

O atendente, 23, também foi ameaçado com a arma e obrigado a entregar cerca de R$ 60 do caixa e seu celular. Da mulher, 26, os bandidos subtraíram a bolsa, com documentos pessoais, cartões e R$ 70. Após a ação criminosa, a dupla fugiu para uma rua onde havia uma motocicleta, que usou para a fuga. Também nessa ocorrência não houve prisão de suspeitos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?