Publicidade

10 de Fevereiro de 2014 - 18:04

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 18h

Os trabalhos de combate e de rescaldo do incêndio que atingiu um galpão de carvão pertencente à ArcelorMittal foram encerrados na tarde desta segunda-feira (10) pelo Corpo de Bombeiros e a Brigada de Incêndio da empresa. O fogo, que teve início por volta das 14h do último sábado (8), no local em que a siderúrgica está alocada, no Bairro Dias Tavares, na Zona Norte, consumiu aproximadamente 800 toneladas de carvão vegetal. O fogo ficou restrito à área de estocagem do insumo, que seria utilizado no processo de produção de aço. Em nota, a empresa informou que o volume atingido representa menos de um terço do estoque e não afetou a produção.

O documento enviado à imprensa pela ArcelorMittal apontou que o incêndio "foi resultado de combustão natural provocada pelo calor excessivo, em razão do tempo seco e das altas temperaturas na região". Entretanto, não deixou vítimas e não provocou outros acidentes envolvendo empregados.

De acordo com assessoria de comunicação do Corpo de Bombeiros, nas primeiras 12 horas de trabalho, foram utilizados cerca de 1,5 milhão de litros de água, provenientes do reservatório da própria empresa. Juntamente com os brigadistas, as guarnições dos bombeiros realizaram duas frentes de trabalho no combate direto ao fogo, devido ao grande volume de carvão atingido e para evitar que as chamas se propagassem para outros locais. Para isso, foram utilizados dois sistemas de ventilação: forçada, por meio de exaustor, e natural, pela retirada de telhas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?