Publicidade

21 de Fevereiro de 2014 - 04:00

Corporação cobra instalação de extintores e sinalização de emergência

Por Cíntia Charlene e Nathália Carvalho

Compartilhar
 
Relatório do 4º BBM solicitou alterações em cerca de dez itens
Relatório do 4º BBM solicitou alterações em cerca de dez itens

A falta de extintores e de iluminação e sinalização de emergência estão entre as irregularidades apontadas pela 5ª Companhia de Prevenção e Vistoria do 4º Batalhão de Bombeiros Militar (4º BBM), na primeira averiguação realizada na Passarela do Samba da Avenida Brasil, entre as pontes do Manoel Honório e Santa Terezinha. Os pontos que precisam de adequação foram listados para a Funalfa, responsável pela montagem da estrutura, onde, entre sábado e domingo, desfilam 12 escolas de samba de Juiz de Fora. De acordo com o capitão Leonardo Corrêa Nunes, a avaliação aconteceu na última quarta-feira, e a corporação aguarda novo pedido de vistoria para verificar se as irregularidades foram sanadas. "O novo procedimento para checar a situação está marcado para amanhã (sexta-feira). As irregularidades apontadas não são difíceis de serem resolvidas", avalia.

Já o diretor do Departamento Operacional da Funalfa, Edson Tostes Filho, informa que relatório do 4º BBM solicitou alterações em cerca de dez itens. Ele conta que nesta sexta serão instalados aproximadamente 65 extintores de incêndio, sendo 55 fixos e dez móveis. Além disso, serão colocadas cerca de 70 lâmpadas de emergência."Ainda não tínhamos instalado estes equipamentos por questões de segurança e para evitar furtos e vandalismo. Estamos tomando todas as providências para atender as exigências dos bombeiros, que são bem-vindas. Nossa previsão é de que a Passarela do Samba esteja totalmente pronta amanhã."

 

Trânsito é alterado

O trânsito na região Nordeste será alterado em virtude dos desfiles das escolas de samba na Avenida Brasil. Das 9h de sábado até às 7h de segunda-feira, haverá interdição de algumas ruas nos bairros Mariano Procópio e Santa Terezinha.

A Avenida Coronel Vidal terá sentido invertido entre as ruas Geralda de Barros e Tereza Cristina. Fica proibida a conversão à esquerda dos veículos provenientes da Rua Bernardo Mascarenhas em direção à Rua Tereza Cristina, com liberação prevista de acordo com avaliação dos agentes de trânsito. Veículos provenientes da Zona Norte, em direção à Avenida Brasil, com capacidade acima de quatro toneladas, deverão acessar a Avenida Coronel Vidal, após a rodoviária. Quando a passagem da linha férrea da Rua Mariano Procópio com Avenida dos Andradas estiver fechada, os veículos deverão obrigatoriamente seguir em frente, na Rua Mariano Procópio, em direção ao Centro.

Neste período, também ocorre mudança no itinerário dos coletivos das empresas Norte, São Francisco e Santa Luzia, que passam pela Avenida Brasil.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?