Publicidade

21 de Fevereiro de 2014 - 07:44

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 19h28

Um casal de administradores teve a casa invadida por assaltantes, na noite de quinta-feira (20), em um condomínio no São Pedro, na Cidade Alta. De acordo com a PM, por volta das 21h, a moradora, 25 anos, se preparava para sair de carro com uma babá, quando dois criminosos, um deles encapuzado, entraram pela garagem do imóvel e renderam ela e o marido, 30. Um bebê filho do casal também estava na residência no momento do assalto. Mediante ameaças com um revólver enferrujado, gritos e uso de força física, os bandidos anunciaram o assalto, exigindo dinheiro, joias e a localização do cofre. 

  Foram roubados dois cordões e uma pulseira de ouro, 20 relógios, 20 óculos, dois notebooks, um microcomputador, dinheiro, dois celulares e três bolsas. Durante o crime, os bandidos teriam gritado várias vezes que haviam deixado o Ceresp recentemente e não se importariam em retornar à unidade prisional. 

A PM foi acionada pouco depois das 22h, e até o helicóptero Pégasus foi mobilizado no rastreamento, que também contou com o apoio de viaturas da Rotam, Tático Móvel, Patrulha de Prevenção Ativa e canil. As equipes percorreram o bairro, e a aeronave auxiliou o trabalho iluminando a região, principalmente a área de pasto e mata no entorno do condomínio. Ninguém foi preso. A Delegacia Especializada de Repressão a Roubos vai investigar o caso. 

Crime semelhante aconteceu há um mês no Bairro Jardim da Serra, na Cidade Alta. No dia 20 de janeiro, três assaltantes armados renderam um casal com uma filha de 1 ano durante roubo a residência. Na ocasião, um suspeito, 24, acabou preso. O morador, 26, e a esposa, 23, também haviam sido surpreendidos pelo trio quando se preparavam para sair de casa, antes das 22h. Os bandidos portavam armas e usavam touca e capuzes. O marido teve os braços amarrados para trás com uma braçadeira plástica, e a mulher, que estava com a criança no colo, foi amordaçada com fita crepe. Os assaltantes roubaram joias, televisor e vários pertences, além de cerca de R$ 2 mil em dinheiro, talão de cheques e documentos. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você escolhe seu candidato através de: