Publicidade

11 de Dezembro de 2013 - 14:34

Acompanhe durante todo o dia a cobertura completa dos acontecimentos. Participe e mande para a Tribuna o flagrante do seu bairro

Por Tribuna

Compartilhar
 

21:15
O Demlurb recolheu um volume atípico de lixo e terra nas ruas de Juiz de Fora desde o final da tarde de terça. Cerca de três toneladas de resíduo comum e 15 toneladas de barro e terra foram retirados de diversas vias públicas da cidade. Os trabalhos prosseguem nesta quinta. O órgão alerta para os problemas ocasionados pelo lixo depositado de forma incorreta pela população.

18:21 
A estudante Camila Teixeira, moradora da Avenida Santa Luzia, registrou a força das águas do Córrego Santa Luzia, na tarde desta quarta-feira. As imagens foram feitas por volta das 15h, depois de várias horas de chuva forte sobre o bairro. De acordo com Camila, muitos motoristas assustados davam meia-volta, porque mais à frente o córrego já apresentava pontos de transbordamento. Ainda segundo a moradora, a situação é a mesma todo final de ano. 

 

17:35
Os estragos da chuva de terça-feira ficaram mais evidentes nesta quarta. A força das águas foi tanta que arrancou a grossa camada de asfalto da Rua Barão de Santa Helena, no Granbery. As imagens gravadas pelo vice-presidente da Associação de Moradores do bairro, César Augusto Pereira de Souza, mostram como ficou a rua. "O que está resultando essa calamidade é o volume de água que desce com as chuvas, principalmente depois que desmataram uma reserva natural no final da Rua Santos Dumont, que funcionava como um filtro natural", acredita César.

 

17:15
A Cesama informa que dá prosseguimento, nesta quarta, aos trabalhos de limpeza e desobstrução do Córrego São Pedro, no trecho entre a BR-440 e a Avenida Presidente Costa e Silva e na Rua Jair Pereira, no Bairro Santos Dumont. O objetivo é retirar materiais carregados pela chuva e que obstruíam as manilhas de escoamento, prejudicando o fluxo d'água. Também segue o trabalho de limpeza nas margens do Rio Paraibuna, nas proximidades das pontes do Bairro Manoel Honório, sentido Bairro Ladeira, e da Rua Halfeld, no sentido da Rua Benjamim Constant.

16:42 
A Defesa Civil registrou 94 ocorrências relacionadas às chuvas entre 17h de terça e 15h28 desta quarta (11). A região Sudeste de Juiz de Fora aparece no topo, com 23 chamados, seguida pela Zona Sul, com 19; Centro, com 16; Oeste, com 15; Leste com 12; Norte, com sete, e Nordeste, com dois. O órgão recebeu um pedido de vistoria em função de um deslizamento de talude na Estrada União Indústria, próximo ao Bairro Granjas Bethel. Toda a pista ficou bloqueada. Outros chamados se referem a alagamentos na Avenida Santa Luzia, no bairro homônimo, e na Avenida Darcy Vargas, no Ipiranga. O acumulado de vistorias contam com 20 escorregamentos de talude, dez ameaças de escorregamentos de talude e sete alagamentos, além de trincas em muro, ameaças de queda de árvores e desabamento de muro.

16:34
Duas famílias da Rua Amaro Correa de Oliveira, no Bairro Alto Vale Verde, Zona Sul, foram orientadas pelo Corpo de Bombeiros a deixarem suas casas. Uma encosta desmoronou depois que o muro que dividia as duas residências caiu. A Defesa Civil está a caminho do local. Veja a imagem no post publicado às 16h01.

16:21 
A lama que desceu de um condomínio em construção no Bairro São Pedro invadiu a Avenida Presidente Costa e Silva, principal via do bairro. Pela manhã, funcionários do empreendimento fizeram a limpeza da pista, com ajuda de uma retroescavadeira, como mostra a imagem da repórter Marina Sad. Esta não é a primeira vez que a avenida é inundada pela lama que desce da construção em dias de chuvas mais intensas.
Lama que desceu de condomínio em construção invadiu a Avenida Presidente Costa e Silva, no São Pedro

16:01 
Uma encosta desmoronou depois que o muro que a dividia de uma casa caiu agora há pouco. O incidente aconteceu na Rua Amaro Correa de Oliveira, no Bairro Alto Vale Verde, também na Zona Sul. Um sobrado fica sobre a terra que deslizou. Uma casa que fica na parte de baixo da via já foi desocupada. A imagem é do repórter Eduardo Valente.
Encosta desabou na Rua Amaro Corrêa de Oliveira, no Alto Vale Verde

15:40 
No Bom Pastor, como é comum em dias de chuva, a Rua João Penido e a Avenida Doutor José Procópio Teixeira tomadas pela água. O flagrante é da leitora Mirella Reis.
Rua João Penido, no Bom Pastor, tomada pela água

15:26 
No Bairro Santa Luzia, Zona Sul, o córrego chegou a transbordar com a forte chuva do início da tarde, inundando a avenida que leva o nome do bairro. A Avenida Ibitiguaia, principal do bairro, também ficou cheia de água, dificultando o fluxo de veículos, conforme foto feita pelo repórter Eduardo Valente.
Avenida Ibitiguaia, no Santa Luzia

14:34 
Depois do temporal registrado em Juiz de Fora nesta terça-feira (10), o céu permanece nublado e a chuva deverá ser constante nesta quarta (11). A previsão é de que a temperatura máxima também sofra declínio, e os termômetros devem oscilar entre 20 e 27 graus. Às 13h, fazia 22,5 graus. Leitores relatam que, no momento, o semáforo na esquina das avenidas Rio Branco com a Doutor José Procópio Teixeira, no Bom Pastor, Zona Sul da cidade, está intermitente. Uma enxurrada também começa a se formar nesta última via. O Aeroporto da Serrinha está fechado para pousos e decolagens. Segundo o meteorologista do 5º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Claudemir de Azevedo, as chuvas fortes vão continuar até, pelo menos, sexta. O motivo seria uma uma frente fria sobre o Rio de Janeiro, que causa reflexos em parte de Minas Gerais. Durante este tempo, a temperatura deve oscilar entre 18 e 25 graus. Já o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) é mais otimista, prevendo que nessa quinta o sol retorne, mesmo que timidamente. Para o Cptec, a possibilidade de novas chuvas também diminui para 40% nessa quinta. Este percentual vai sendo reduzido ainda mais ao longo dos próximos dias, ficando em patamar menor do que 30%, considerado baixo, a partir dessa sexta.
Chuva forte cai na cidade desde o início da tarde

 

Lama que desceu de condomínio em construção invadiu a Avenida Presidente Costa e Silva, no São Pedro
Encosta desabou na Rua Amaro Corrêa de Oliveira, no Alto Vale Verde
Rua Bady Geara, no Santa Efigênia, caminho para o Bairro Ipiranga
Avenida Ibitiguaia, no Santa Luzia
Rua João Penido, no Bom Pastor, tomada pela água
Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?