Publicidade

09 de Janeiro de 2014 - 17:15

Por Tribuna

Compartilhar
 

Um cirurgião plástico foi condenado a indenizar uma professora em R$ 22.670, por danos morais e materiais, depois de uma cirurgia malsucedida realizada em 2010. A decisão é da 9ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que confirmou o entendimento de primeira instância da juíza Maria Lúcia Cabral Caruso, da 7ª Vara Cível de Juiz de Fora. De acordo com o TJMG, a professora procurou o cirurgião com a intenção de fazer uma redução no abdômen. O profissional a aconselhou a realizar uma lipoaspiração e, caso necessário, no momento da cirurgia, ele faria ainda uma mini-abdominoplastia que deixaria uma cicatriz semelhante a de uma cesariana, porém, um pouco maior. Os dois procedimentos médicos foram realizados em outubro de 2010.

Não satisfeita com o resultado, mesmo tendo seguido as orientações médicas de pós-operatório, como drenagem linfática e exercícios físicos, a professora se submeteu a outra lipoaspiração com o mesmo profissional, em fevereiro de 2011. Mas ainda assim, segundo ela, o resultado não foi o garantido pelo médico, pois a cicatriz revela o longo corte que foi feito de um lado a outro na parte inferior de sua barriga, com excesso de gordura pendente sobre o corte. Em juízo, ela afirmou que ficou frustrada, deprimida e envergonhada com o seu corpo. Apesar de o caso na primeira instância ter sido julgado na comarca de Juiz de Fora, o TJMG não informou se os procedimentos cirúrgicos foram realizado na cidade.

Em sua defesa, ainda segundo informações do TJMG, o médico alegou que informou à paciente, na primeira consulta, que poderia haver a necessidade de um retoque, o que seria perfeitamente normal em caso de cirurgia plástica. Ele contou ainda que, após a realização do retoque, a paciente não retornou para as avaliações, e ainda contestou a apresentação das fotografias utilizadas pela paciente como prova do resultado dos procedimentos médicos a que se submeteu.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?