Publicidade

31 de Janeiro de 2014 - 20:42

Por Tribuna

Compartilhar
 
Cigarros estavam em uma carreta interceptada no Bairro Retiro
Cigarros estavam em uma carreta interceptada no Bairro Retiro

Uma operação desencadeada pela Polícia Civil de Juiz de Fora culminou na apreensão de 258.500 maços de cigarros clandestinos. A ação foi realizada em 21 de janeiro, mas o resultado final só foi divulgado nesta sexta-feira (31). Além das 517 caixas de maços de cigarro, três pessoas com idades de 42, 50 e 55 foram detidas e liberadas após pagarem fiança de R$ 10 mil cada uma. Além da carga apreendida e da carreta, modelo Scania, dois caminhões-baú, modelo Mercedes-Benz, e uma Kombi, que serviriam para distribuir os cigarros, foram confiscadas. De acordo com informações levantadas durante a investigação, a carreta que vinha do Paraguai iria ser descarregada em um depósito clandestino, no Bairro Retiro, Zona Sudeste. Uma equipe foi deslocada para o local e, por volta das 22h, a carreta chegou na cidade, sendo interceptada.

Segundo o investigador Leonardo Garcia, a carga avaliada em mais de R$ 300 mil seria negociada no município. "Para o consumidor final, esse valor poderia triplicar, podendo chegar a mais de R$ 1 milhão. É um valor bem alto e considerável. Com essa apreensão, o comércio clandestino de cigarros na cidade sofreu um duro golpe."

De acordo com informações levantadas, a carga seria distribuída em Juiz de Fora, outras cidades da Zona da Mata, além de parte da região de Campos (RJ). "Realmente se tratava de um grande esquema. Algumas diligências ainda deverão ser feitas. Resta saber agora quem era o vendedor desse cigarro na fronteira e para quem era destinada essa carga em Juiz de Fora".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?