Publicidade

27 de Março de 2014 - 21:17

Por Tribuna

Compartilhar
 

Pais de alunos, estudantes e professores das escolas estaduais Polivalente de Benfica e Batista de Oliveira foram à Superintendência de Ensino, nesta quinta-feira (27), para protestar contra a atual situação das instituições de ensino. A principal questão pautada foi a transferência dos alunos do nono ano, que estudam no período da tarde, para manhã. "O turno preferencial tem que ser para o aluno, para a comunidade, e não para o Governo. Eles querem fechar o turno da tarde para economizar dinheiro", dispara a diretora do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE), Victória de Fátima de Melo.

Além das alterações das turmas, os manifestantes reclamam das condições estruturais das escolas, que comprometem o ensino. "Viemos falar sobre a transferência compulsória dos meninos, alunos de idades muito diferentes, mas também temos problemas de toda natureza: janelas quebradas, muro recém-reformado que desmoronou, mofo, falta de carteiras, quadros danificados, entre outros", lamenta o professor de história na Escola Estadual Batista de Oliveira Henrique Araújo Soares.

Já na Escola Estadual Polivalente, o foco de insatisfação são as salas pequenas para comportar o número de estudantes, sendo que, em algumas, o número excede o permitido por lei. Uma das salas do terceiro ano, por exemplo, chega a ter 53 alunos, enquanto o limite é de 45. A falta de docentes também preocupa. "O Governo já dispensou muitos professores, ficou um tumulto no início do ano, nos primeiros meses não tivemos aulas. Eles tiveram que recontratá-los, mas agora querem passar o nono ano da tarde para de manhã, sendo que não tem espaço", reclama o aluno do 2º ano Yago Ferreira da Silva Nunes.

"Eles (o Governo) falam para os professores usarem a criatividade, mas querem mesmo é que a gente faça milagre e cubra a ausência deles. Por mais que você se dedique e se esforce muito, não dá", desabafa Victória. Segundo ela, os problemas sempre são levados à Superintendência, mas os resultados são insatisfatórios. "Hoje (quinta) a assessoria da Superintendência que nos recebeu. Colocamos todos os problemas e estamos exigindo uma reunião com a superintendente pessoalmente."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?