Publicidade

10 de Março de 2014 - 19:01

Por Tribuna

Compartilhar
 

Um motorista de 53 anos que conduzia um ônibus da linha 717 (Benfica) ficou ferido após o veículo ser invadido por um bando de adolescentes, que entrou em confronto com outra galera que já estava no coletivo. A vítima foi atingida por um cabo de guarda-chuva e sofreu um corte na cabeça. O caso foi registrado pela Polícia Militar, na madrugada do último domingo (9), por volta das 4h30. De acordo com o gerente de operação da Viação São Francisco, José Roberto Baganha, o veículo teria parado em um ponto de ônibus, na Avenida Brasil, na altura do Bairro Manoel Honório, na Zona Leste, onde uma turma, aparentemente de adolescentes, entrou no veículo e começou uma briga com outro grupo que já estava no coletivo.

Segundo a PM, em razão da algazarra dentro do veículo, que estava cheio de passageiros, o motorista chamou a atenção dos jovens. Quando o ônibus parou no ponto, antes de desembarcar, o integrante de uma das galeras feriu o condutor com o guarda-chuva. Conforme Baganha, o motorista foi levado para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde foi diagnosticada uma lesão leve, sendo medicado e liberado. Nenhum suspeito foi localizado.

Como apontou o gerente de operação da São Francisco, esse tipo de situação tem se tornado constante, e a empresa conta com uma psicóloga para dar suporte aos funcionários que são vítimas desse tipo de ocorrência. "É uma situação que nos preocupa, e já adotamos algumas medidas, como orientar os motoristas a sempre permanecerem dentro do ônibus nos pontos finais dos bairros. Além disso, há alguns bairros nos quais, após as 21h, solicitamos aos condutores que utilizem um local seguro para ficar no final do percurso, evitando alguns pontos finais." Baganha ainda acrescentou que, além da ocorrência na linha 717, outros dois ônibus da empresa foram apedrejados, na Avenida Rio Branco, na altura do Mergulhão, na tarde do último sábado, por volta das 15h30.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?