Publicidade

21 de Maio de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Trinta e cinco bombeiros militares pertencentes ao 4° Batalhão de Polícia Militar (4°BBM), estão passando pelo "Curso de credenciamento do serviço de segurança contra incêndio e pânico", que acontece, pela primeira vez, em Juiz de Fora. Após a capacitação, os militares estarão aptos a realizar vistorias de segurança e análise de projetos, otimizando, assim, a demanda presente na cidade, que aumentou após a tragédia da Boate Kiss, em Santa Maria (RS), que matou 242 pessoas e feriu outras 116, em janeiro do ano passado.

"Após este triste episódio, muitas pessoas buscaram se regularizar para garantir a segurança, evitar novas vítimas e sanções do poder público", explica o assessor de comunicação do 4°BBM, Marcos Moreira Santiago. Os novos capacitados irão reforçar o efetivo presente na Companhia de Prevenção e Vistoria do batalhão. As aulas, que antes eram realizadas em Belo Horizonte, estão sendo ministradas por militares da cidade. O curso tem duração de duas semanas e tem como finalidade aprimorar conhecimentos técnicos presentes na legislação e nas instruções técnicas do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você escolhe seu candidato através de: