Publicidade

03 de Dezembro de 2013 - 17:59

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 20h

O nível do Rio Paraibuna, que chegou a 2,95m na segunda-feira (2), já começou a baixar, de acordo com a Defesa Civil. Nesta terça, até às 17h, o nível do rio marcou 1,6m, quase a altura dos dias normais, que é de até 1,2m. Entre meia-noite e 18h desta terça, a subsecretaria registrou 73 ocorrências em toda a cidade. A região Norte continua com o maior número de chamados: 24 no período de 16 horas. Depois aparecem as zonas Sul (13), Leste (15), Centro (8), Sudeste (7), Cidade Alta (5) e Nordeste (1). Conforme a assessoria da Defesa Civil, do total, 12 chamados correspondem a deslizamentos de talude, 11 orientações técnicas, sete ameaças de escorregamento de talude, além de infiltrações em laje e trincas em muro de divisa. Até o momento, a Defesa Civil permanece com o número de 34 desalojados, sendo que quatro estão sendo encaminhados para o aluguel social. As equipes da subsecretaria de Defesa Civil, Secretaria de Obras, Empav e da Cesama continuam nas ruas realizando as vistorias.

A Secretaria de Obras e a Empav concentraram os trabalhos desta terça-feira na retirada de barreiras e na operação tapa-buracos. A retirada de barreiras está sendo realizada no Salvaterra, Aeroporto, Linhares, Jardim Emaús, Igrejinha e Cidade do Sol, além de áreas da Zona Rural, como a Estrada do Privilégio (Monte Verde), Rosário de Minas, Humaitá e Pirapetinga. Já a operação tapa-buracos acontece nos seguintes pontos: Avenida Ibitiguaia e Rua Humberto Berzoini, localizadas no Bairro Santa Luzia; Rua Osório de Almeida, Avenida Francisco Valadares e Rua Herculano Pena, Bairro Poço Rico; Rua Vitorino Braga e Avenida Brasil, no Bairro Vitorino Braga; Avenida Brasil, Bairro Santa Tereza; Rua Diomar Monteiro, Bairro Grama; e Rua Orlando Riani, no Filgueiras. A operação também acontece no Acesso ao Bairro Bela Aurora e no Acesso Norte.

Equipes de limpeza de córregos da Cesama seguem com os serviços emergenciais em São Pedro, na avenida marginal do Bairro Santos Dumont, no Ipiranga, na Avenida Ibitiguaia e no Bairro Santa Luzia. As intervenções têm como objetivo desobstruir as galerias e manilhas, garantindo o maior escoamento do fluxo d'água e evitando retenções. Com a conclusão dos trabalhos nestes pontos, a previsão é de que as equipes da companhia sigam para o Córrego Humaitá, na Avenida Doutor Lúcio Bittencourt, no Bairro Industrial, além de darem andamento à limpeza no Córrego Ipiranga, na Avenida Darcy Vargas.

Já a Avenida Juiz de Fora, que teve o asfalto prejudicado pelas chuvas recentes, está sendo recapeada nos trechos prejudicados. A intervenção está sendo realizada entre as ruas Mercedes Rodrigues Barreto e João Rosa Araújo, na altura do Bairro Granjas Bethânia, onde a Cesama substitui 1.700 metros de redes de esgoto.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?