Publicidade

19 de Maio de 2014 - 13:06

Por Tribuna

Compartilhar
 

Duas tentativas de homicídio foram registradas, na noite desse sábado (17), na Zona Leste de Juiz de Fora. Uma delas aconteceu no Bairro Santa Rita, por volta das 21h, na Rua Doutor Geraldo Paleta, quando um jovem de 18 anos foi baleado na perna. Conforme o boletim de ocorrência, durante patrulhamento, policiais militares receberam informação de populares que havia acontecido disparos de arma de fogo na via e uma pessoa tinha sido ferida. De imediato, a equipe da PM se deslocou para o Hospital de Pronto Socorro (HPS), para onde a vítima havia sido encaminhada. No local, ela contou que estava em uma chopada, na Rua Miguel Jacob, no Grajaú, na mesma região, junto com a namorada e que caminhava pela rua, quando um homem de 18 anos e que já foi identificado, desceu de um veículo Gol, de cor branca, e se aproximou. De acordo com o relato da vítima, o suspeito lhe chamou de vira casaca e apontou um revólver calibre 38 para a sua cabeça.

O suspeito acionou o gatilho, mas o disparo mascou. A vítima aproveitou a falha para correr, mas foi seguida pelo homem, que começou a atirar contra ela, atingindo-a na perna direita. O ferido ainda caiu no chão. Neste momento, o atirador chegou perto dele e tentou fazer outro disparo, mas a arma falhou novamente. A vítima correu e se escondeu dentro de uma lanchonete. O homem armado ainda deu mais um tiro e fugiu. Um outro ocupante do veículo Gol, de 24 anos, que estava junto com o suspeito, também foi reconhecido. A PM realizou rastreamento pelo local, mas ninguém foi localizado.

Já o outro crime foi registrado mais cedo, por volta das 20h30, e, conforme o boletim de ocorrência, também teria sido cometido pelos mesmos suspeitos envolvidos nos disparos do Santa Rita. Neste caso, um homem, 27, levou um tiro de raspão no ombro e uma garrafada na cabeça. Conforme o relato da vítima, que já estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, ela estava na mesma chopada, no Grajaú, tirando fotografias com algumas mulheres que seriam moradoras do Santa Rita, quando dois homens chegaram e sem dizerem nada um deles colocou uma arma de fogo na cabeça dela.

O homem apertou o gatilho, mas o tiro falhou. Nessa hora, a vítima deu um tapa na arma, tendo o autor realizado outro disparo, que atingiu o ombro direito dela de raspão. O outro homem, que acompanhava o armado, pegou uma garrafa e desferiu um golpe na cabeça da vítima, mas não provocou lesões. Na UPA, a vítima foi medicada e liberada. O caso foi encaminhado para investigação da Polícia Civil.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que campanha corpo-a-corpo ainda dá voto?