Publicidade

02 de Janeiro de 2014 - 12:31

Por Tribuna

Compartilhar
 

Duas unidades de saúde, no Bairro Santa Helena, região central, e no Grama, Zona Nordeste de Juiz de Fora, amanheceram arrombadas nesta quinta-feira (2). O porteiro, 44 anos, do departamento da rede de saúde mental, na Rua Tiradentes, acionou a PM por volta das 8h, depois de encontrar a porta dos fundos do local arrombada ao chegar para trabalhar. Dentro da unidade, de um armário danificado foram levados uma bolsa com medicamentos de uso controlado, receituários e carimbos de médicos. Também foram furtados um ventilador de mesa, um aparelho de telefone sem fio, além de um liquidificador e utensílios domésticos da cozinha. Ainda foram arrombados alguns armários do vestiário, mas nenhum material parece ter sido levado, conforme o boletim de ocorrência. A perícia esteve no local.

Já no Bairro Grama, uma funcionária, 48 anos, chamou a polícia por volta das 7h, depois de ter achado a janela da sala de marcação de consulta arrombada e o sistema de alarme danificado. O estabelecimento estava revirado e, a princípio, teriam sido levados três monitores, um aparelho otoscópio, um aparelho de medir pressão e R$ 40. A perícia trabalhou na unidade. Foi feito rastreamento, mas nenhum suspeito encontrado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?