Publicidade

08 de Janeiro de 2014 - 09:56

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 20h16

Dois postos de combustíveis da cidade foram alvo de roubo à mão armada na noite de terça-feira (7). A ação mais ousada aconteceu no Bairro Industrial, Zona Norte, onde bandidos renderam mãe e filhas que abasteciam o carro e ainda trancaram frentistas em um cômodo. O crime aconteceu pouco antes das 22h em um posto no Acesso Norte. Dois assaltantes, pelo menos um deles armado com revólver, entraram no local e anunciaram o assalto, rendendo primeiro a mulher, de 51, e as irmãs gêmeas de 24 anos. Mediante ameaças com arma, a dupla roubou delas dois celulares novos que ainda estavam nas caixas, um terceiro telefone, cerca de R$ 100, aparelho de MP3, óculos de grau, outros objetos e documentos. Logo depois, os bandidos seguiram em direção aos funcionários, de 21 e 28, que foram obrigados a entregar R$ 417 e acabaram trancados em uma sala.

"Eu sempre abastecia nesse posto. Havia acabado de chegar, perto do horário de fechar, e tinha entregado a chave do meu Gol para o frentista abastecer. Os dois assaltantes chegaram a pé e vieram direto no nosso carro, mandando abrirmos os vidros. Um me pediu a bolsa, e dei minha carteira. Enquanto isso, o outro já estava apontando a arma para minhas filhas e pedindo as bolsas delas. Ficamos em estado de choque, sem saber o que fazer", contou a comerciante rendida. 

Depois do susto, a mulher disse que pretende passar a abastecer em horários mais movimentados. "Levaram todos os meus documentos, estou sem nada. Minhas filhas haviam acabado de comprar os celulares. Mas isso tudo a gente recupera. O importante é que estamos bem. Temos que agradecer muito a Deus, porque podiam ter voltado e levado nosso carro ou feito alguma maldade com a gente."

A suspeita é de que, na fuga, a dupla de criminosos contou com o auxílio de um carro, que estaria parado nas imediações de um supermercado atacadista. Militares fizeram rastreamento na região, mas ninguém foi preso. O caso seguiu para investigação na Delegacia Especializada de Repressão a Roubos. 

O comandante interino da 269ª Companhia da PM, responsável pelo policiamento do Industrial e adjacências, tenente Ricardo Freire, disse que os postos estão sempre na rota das viaturas durante os patrulhamentos preventivos. Ele ressaltou que a ocorrência foi incomum, por ter tido clientes rendidas. "Sempre recomendamos aos frentistas prestarem atenção aos indivíduos que chegam com capacetes ou em motos com dois ocupantes. Mas se for rendido, não deve reagir. É importante pegar as características e ligar para o 190." Ele recomenda aos consumidores a abastecerem em horários de maior movimento, já que os crimes costumam ocorrer no período noturno. 

 

Outro assalto

Na mesma noite, poucos minutos depois, outro posto de combustíveis foi assaltado na cidade, desta vez, no Bairro Costa Carvalho, Zona Sudeste. O crime aconteceu às 22h15 na Avenida Sete de Setembro. Conforme a PM, um frentista, 41, estava abastecendo um veículo, quando um ladrão armado com revólver chegou com capacete na cabeça anunciando o assalto. Ele roubou cerca de R$ 130 do caixa e fugiu para a rua, onde um comparsa estava aguardando em uma moto. Os dois seguiram em direção ao Vitorino Braga e não foram localizados. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?