Publicidade

21 de Maio de 2014 - 07:00

Polícia chegou aos dois homens com ajuda do Disque Denúncia

Por Tribuna

Compartilhar
 
Dois homens foram levados para delegacia
Dois homens foram levados para delegacia
Revólver foi encontrado na casa onde deveriam estar ainda outros dois suspeitos
Revólver foi encontrado na casa onde deveriam estar ainda outros dois suspeitos

Dois homens de 18 e 20 anos, suspeitos de cometerem assaltos a estabelecimentos comerciais na Cidade Alta, foram presos, no final da manhã desta terça-feira (20), pela Polícia Militar, no Bairro Borboleta. A dupla, vinda de Belo Horizonte, estava em Juiz de Fora há algum tempo e vinha praticando roubos à mão armada. Os assaltantes foram descobertos depois de um levantamento realizado pela PM, que também contou com a colaboração de informações do Disque Denúncia Unificado 181. A prisão deles foi realizada por policiais da 99ª Companhia da PM. De acordo com o subcomandante da Cia, Tenente Vinícius Araújo Barroso, depois de diversos levantamentos para a identificação de autores de roubos na Cidade Alta, principalmente contra o comércio local, a PM chegou ao paradeiro de quatro suspeitos da capital mineira que estariam na cidade.

"Diante da descoberta do endereço dos suspeitos, nos deslocamos até ao local e fizemos a abordagem. Na casa, encontramos apenas dois dos procurados. Eles ainda tentaram fugir, mas foram capturados", relatou o tenente, acrescentando que, no interior do imóvel, debaixo de um sofá, foi localizado um revólver calibre 38 de fabricação argentina carregado com seis munições. Conforme o tenente, os suspeitos assumiram a autoria dos roubos. Eles receberam voz de prisão em flagrante por posse ilegal de arma e foram conduzidos para delegacia de Polícia Civil, em São Mateus. Conforme o tenente Vinícius Araújo, a dupla também será processada pela prática dos roubos. "A ajuda da população por meio do 181 tem sido fundamental para identificação e prisão de suspeitos de crimes. Por isso, a gente pede para que o cidadão continue sempre colaborando com denúncias ao 181, que são feitas de forma a garantir o anonimato do denunciante", destacou o subcomandante.

Os suspeitos seriam os responsáveis pelos crimes contra um depósito de gás, na Rua Adão Barbosa Lima, no Jardim Casablanca, no último dia 14, quando três homens, dois deles armados, renderam a dona do estabelecimento, 38 anos, e roubaram três celulares, um CPU de computador, um modem e R$ 30. Eles também são apontados na participação de um assalto, nesse mesmo dia, contra um supermercado da Avenida Presidente Costa e Silva, no Bairro São Pedro. De acordo com o proprietário, 26 anos, quatro indivíduos entraram no local, renderam os clientes e anunciaram o roubo. Segundo o boletim de ocorrência, os assaltantes saíram correndo, e um Fiat Palio, com placa de Belo Horizonte, foi visto deixando o local em alta velocidade. Já no dia último dia 12, uma padaria foi assaltada por bandidos armados, na Avenida Presidente Costa e Silva. A dupla presa também é suspeita neste caso. De acordo com a vítima, uma mulher de 32 anos, dois homens entraram no estabelecimento, sendo que um deles estava armado com revólver, e anunciou o roubo. Eles teriam mandado que todos os funcionários se deitassem no chão e subtraído R$ 300 do caixa, fugindo em seguida.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?