Publicidade

18 de Junho de 2014 - 06:00

Dia de folga deve ter temperaturas agradáveis no município, mas pode chover em áreas isoladas

Por EDUARDO VALENTE E KELLY DINIZ

Compartilhar
 

O feriado de Corpus Christi, comemorado amanhã, altera mais uma vez a rotina de serviços na cidade. Bancos, repartições municipais e outros órgãos de atendimento ao público não funcionarão. No entanto, atividades consideradas essenciais - coleta de lixo e atendimento em algumas unidades de saúde, por exemplo, - serão mantidas. Áreas de lazer, como os parques da Lajinha e o do Museu Mariano Procópio também estarão abertos, e alguns órgãos mantêm plantão por meio de telefone (ver quadro).

Para quem pretende passar o feriado na cidade, a previsão é de tempo agradável, pelo menos até o sábado. De acordo com o meteorologista Luiz Ladeia, do 5º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a passagem de uma frente fria sobre o litoral provoca aumento da umidade na Zona da Mata de Minas Gerais, e a possibilidade é de chuvas, de intensidade fraca e em áreas isoladas. "Os termômetros devem oscilar entre 11 e 25 graus. Devemos observar nuvens durante a manhã, com diminuição no decorrer do dia. À noite, o céu deverá ser claro", informou.

Por conta da frente fria, quem pretende viajar ao litoral deve enfrentar instabilidade. No Rio de Janeiro, o Centro de Previsão do Tempo e Estudos Climáticos (Cptec) prevê precipitações amanhã e sexta. Até o fim da semana, a mínima deverá atingir os 16 graus, enquanto a máxima não deverá ultrapassar os 23 graus. Situação semelhante deverá ser observada em Cabo Frio (RJ), com diferença na amplitude térmica, que deve oscilar entre 19 e 23 graus. Já em Guarapari (ES), a possibilidade de chuvas é remota, e os termômetros oscilam entre 18 e 28 graus. Em cidades históricas de Minas Gerais, como São João del-Rei e Tiradentes, o céu ficará parcialmente nublado, com temperaturas entre 9 e 24 graus.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da liberação da maconha para uso medicinal?