Publicidade

07 de Janeiro de 2014 - 20:13

Por Tribuna

Compartilhar
 

O banco de sangue do Hemominas de Juiz de Fora teve redução de cerca de 30% no número de doações no mês de dezembro. A queda prejudica pacientes de 64 hospitais de 30 cidades que são atendidos pela unidade. De acordo com a assistente social do hemocentro Bruna Quintão, o Hemominas precisa receber por dia 150 doações para atender a demanda. No entanto, a unidade está recebendo uma média de cem voluntários/dia.

A unidade está entrando em contato com doadores cadastrados para solicitar doações. "Queremos alertar as pessoas para que se organizarem e, antes de saírem de férias, venham doar. É importante ajudar a manter o estoque para esses pacientes que não têm férias das enfermidades."

Segundo Bruna, até quatro vidas podem ser salvas com uma única doação de sangue. Para doar é preciso ter acima de 50 kg, idade entre 16 e 69 anos, estar saudável, não ter tido hepatite após os 11 anos e não estar em jejum. "Qualquer pessoa saudável pode vir doar. Seja qual for o seu tipo sanguíneo, ele será útil para alguém", enfatiza Bruna.

O Hemominas de Juiz de Fora fica na Rua Barão de Cataguases, no Centro, e funciona das 7h às 18h, de segunda a sexta-feira, e aos sábados, das 7h às 11h. A unidade disponibiliza um Posto Avançado de Coleta Externa em Muriaé, às quartas-feiras, a cada 15 dias. O posto funciona na Policlínica Doutor Biaggio Montesano, na Rua Silvério Campos, no Bairro Safira, das

7h30 às 15h.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?