Publicidade

05 de Maio de 2014 - 08:45

Por Tribuna

Compartilhar
 
O crime chamou a atenção da vizinhança
O crime chamou a atenção da vizinhança

Atualizada às 21h41

Um homem de 40 anos foi assassinado em via pública com pelo menos três tiros na noite desta segunda-feira (5). O crime aconteceu no Bairro São Pedro, na Cidade Alta, por volta das 19h. O aposentado Adilson de Jesus Resende foi morto quando estava na esquina da Rua Virgulino João da Silva com Avenida Pedro Henrique Krambeck. A Polícia Militar foi chamada ao local, mas, até as 21h, a perícia ainda fazia levantamentos para confirmar o total de disparos. O crime chamou a atenção da vizinhança. A esposa de Adilson e também a ex-mulher estiveram no bairro e estavam muito abaladas com a violência. Adilson tinha três filhos e morava naquela região. O óbito foi constatado por uma equipe do Samu.  De acordo com a PM, o  suspeito foi identificado e estava sendo procurado em rastreamento. O motivo do assassinato ainda será investigado.

Além deste caso, outro assassinato foi registrado na cidade no último domingo. O corpo do jovem Wanderson Luiz de Oliveira Silva, 21 anos, foi encontrado pela manhã em um matagal às margens de um córrego, no Bairro Jardim Cachoeira, Zona Norte. A vítima apresentava quatro perfurações provocadas por arma de fogo. Com estes dois casos, sobe para 63 o número de mortes violentas em Juiz de Fora em 2014. Em 2013, ao longo de todo o ano, foram notificadas 139 mortes violentas. De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, quando a corporação chegou ao local, na Rua Nazira Mattar de Freitas, o jovem já não apresentava sinais de vida. 

Uma equipe do Samu confirmou o óbito. Ainda segundo o documento policial, o local onde o corpo foi encontrado já estava alterado devido à grande movimentação de familiares da vítima. Entretanto, o espaço foi isolado para o trabalho da perícia da Polícia Civil. A assessoria de comunicação da Polícia Civil informou que a perícia constatou que o rapaz foi baleado com um tiro no antebraço, outro no ombro e dois na região direita do peito. 

Populares e um irmão da vítima relataram aos policiais que, por volta das 6h, antes de o corpo ser localizado, foram ouvidos disparos de arma de fogo e latidos de cachorro. O sepultamento de Wanderson foi realizado na manhã de ontem, no Cemitério Municipal. O titular da Delegacia Especializada em Homicídios, Armando Avolio, informou que um inquérito já foi aberto para apurar as circunstâncias do crime.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?