Publicidade

15 de Maio de 2014 - 09:37

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 210h4

Um homem de 27 anos foi baleado na cabeça, quando estava esperando um ônibus para ir trabalhar, no Bairro Jóquei Clube, Zona Norte. O crime foi registrado pela Polícia Militar, por volta das 7h desta quinta-feira (15), na Avenida Juscelino Kubitschek, na altura do Parque de Exposições. Segundo a PM, que entrou em contato com o rapaz já na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, ele contou que estava no local, quando surgiram dois homens. Um deles apontou um revólver para a cabeça da vítima, que chegou a bater no braço do autor e correr. No entanto, durante a tentativa de fuga, o rapaz levou um tiro. Encaminhado para a UPA, ele foi diagnosticado com um tiro na cabeça, ficando o projétil alojado na parte traseira do crânio. O homem foi encaminhado para o Hospital e Maternidade Therezinha  de Jesus (HTMJ) e, segundo informações da assessoria de comunicação da unidade, foi medicado e liberado. 

Como consta no boletim de ocorrência, os policiais colheram informações a respeito dos suspeitos, que seriam moradores da Vila Bejani, na Zona Norte. A vítima contou que, quando tinha aproximadamente 16 anos, os suspeitos tinham rixa com ele. A irmã da vítima, que compareceu à UPA, confirmou que os desentendimentos da vítima com os suspeitos e acrescentou que, na última quarta-feira, quando estava no ponto de ônibus com o irmão, eles teriam "encarado" os dois. 

A PM realizou rastreamento pelas imediações, mas os envolvidos não foram localizados. O caso foi encaminhado para investigação na 3ª Delegacia de Polícia Civil. De acordo com o delegado Rodolfo Rolli, um inquérito foi instaurado para apurar o crime. "Já demos a ordem para a qualificação dos suspeitos apontados no boletim de ocorrência. Vamos ouvir a vítima, quando ela tiver condições de prestar depoimento, e as testemunhas", afirmou Rolli. 

Na tarde desta quinta, mais uma pessoa foi baleada na cidade. Segundo a PM, por volta de 16h30, um jovem, 19, foi alvejado dentro de sua casa, no Linhares, Zona Leste. O suspeito, 15, teria ido até a residência para cobrar uma dívida e acabou atirando. O projétil acertou a bochecha do jovem, transfixou o rosto e atingiu o pescoço. Ele foi socorrido pelo Samu e levado para o HTMJ. Segundo a assessoria da unidade, até o fechamento da edição, o jovem recebia atendimento médico. A PM realizou buscas na região, mas o adolescente não foi localizado. 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?