Publicidade

17 de Janeiro de 2014 - 10:37

Por Tribuna

Compartilhar
 

Um homem de 28 anos procurou a Polícia Militar na tarde desta quinta-feira (16) e informou ter sido sequestrado e mantido em cárcere privado por 40 horas em Juiz de Fora. Ele contou ter sido abordado por dois criminosos, por volta das 18h de terça-feira (14), quando transitava pela Rua Jacinto Marcelino, na Vila Olavo Costa, Zona Sudeste. A dupla o teria acusado de envolvimento na morte de um rapaz. Enquanto um dos bandidos o atacou com um soco na nuca, o comparsa aplicou um golpe de estrangulamento até a vítima desmaiar.

Ao recobrar a consciência, o homem já estava trancado em um cômodo escuro. Apenas por volta das 10h desta quinta é que a vítima conseguiu escapar do local, arrombando uma porta. Ela registrou a ocorrência em um shopping no Centro, seis horas depois da fuga do cativeiro. O sequestrado disse que não havia recebido nenhuma alimentação, nem água, durante o período em que ficou confinado. Ele também relatou que os sequestradores não estiveram no local no período.

Apesar de a vítima afirmar não se lembrar da fisionomia dos criminosos e nem do local em que foi mantido preso, policiais militares realizaram buscas pela Vila Olavo Costa na tentativa de encontrar alguma pista sobre os bandidos. No entanto, nenhum suspeito foi localizado. Conforme a PM, o homem reclamou de dores no abdômen e foi conduzido ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), mas não quis aguardar atendimento, preferindo retornar posteriormente. O caso foi encaminhado para investigação na Polícia Civil.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?