Publicidade

24 de Junho de 2014 - 20:04

Por Tribuna

Compartilhar
 

Foi condenado a 23 anos de prisão em regime fechado o homem responsável pela morte de Lidiane Fagundes, 25 anos. O corpo foi encontrado com dois cortes no lado esquerdo do pescoço, em um terreno baldio no Bairro Parque das Torres, na Zona Norte, em dezembro de 2013. O latrocínio (roubo seguido de morte) foi registrado pela Polícia Militar, e o julgamento aconteceu na última segunda-feira (23), na 3ª Vara Criminal de Juiz de Fora, sendo presidido pelo juiz Paulo Tristão Machado Júnior.

De acordo com a denúncia, a vítima voltava para casa quando o condenado, Diogo Francisco Ferenzini e outro rapaz, que estavam em via pública, decidiram assaltá-la. Diogo , que possuía intimidade com Lidiane, foi ao encontro dela, enquanto o outro ficou mais à frente. O condenado aproximou-se da vítima com o argumento de que iria acompanhá-la até sua residência. Quando chegaram à rua onde ela morava, a dupla anunciou o assalto. Ainda conforme a denúncia, a vítima reagiu, iniciando uma luta corporal com Diogo e chegando a arrancar o colar dele, que ficou caído no local. Com Lidiane ferida, o condenado teria desferido as facadas no pescoço dela. Em seguida, ele e outro rapaz fugiram, levando o celular da vítima.

A Polícia Militar foi acionada por populares e compareceu ao local, encontrando a mulher já sem vida e o colar de Diogo próximo ao corpo.

 

Linchamento

O outro rapaz envolvido no latrocínio não chegou a ser julgado pois morreu após ser linchado no dia 14 de janeiro deste ano. Ele foi agredido por oito pessoas na Rua Osvaldo Bescavelo, no Parque das Torres, Zona Norte, após o furto de uma bicicleta. O homem foi socorrido pelo Samu e encaminhado ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde foram constatados traumatismo craniano, fratura de face, hemorragia interna e escoriações no tronco e na perna. Conforme os laudos médicos, o paciente teve morte cerebral na data em que deu entrada na unidade médica e morreu no dia seguinte, em decorrência de uma parada respiratória.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?