Publicidade

07 de Março de 2014 - 18:13

Por Tribuna

Compartilhar
 

A Polícia Civil identificou, no início da tarde desta sexta-feira (7), um homem de 30 anos suspeito de praticar diversos crimes de estelionato em Juiz de Fora. O último registro aconteceu no sábado passado, e uma câmera na área externa de um prédio na Avenida Itamar Franco, em São Mateus, Zona Sul, flagrou a ação do suspeito. De acordo com o titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil, José Márcio Carneiro, que instaurou inquérito para apurar o caso, o homem fingiu ser um dos moradores e pediu dinheiro emprestado em alguns apartamentos, alegando que sua chave teria agarrado na porta e que não tinha dinheiro para consertá-la. O suspeito teria tentado acesso a um dos blocos, mas ninguém atendeu o interfone. Em seguida, ele se dirigiu para outro conjunto, mas o morador que atendeu não abriu o portão. O homem, então, se dirigiu à caixa de correspondência e buscou entre os envelopes os nomes de quem mora no prédio.

Depois de conseguir acesso, ele bateu na porta de uma das vítimas, afirmando que era morador e estava fora de casa, porque sua tetra chave estava agarrada. O homem pediu R$ 20, mas a vítima deu R$ 15, e ele foi embora. Segundo o delegado, o suspeito tentou aplicar o golpe em outros andares, usando o mesmo argumento. Toda a ação durou cerca de oito minutos. Na saída, ele encontrou outros moradores e ainda teve dificuldades para encontrar o sistema que abre o portão. Após identifica-lo, saiu tranquilamente. "Como tática, o suspeito, ao entrar no prédio, usava o cabelo preso e, ao sair, vinha com ele solto, como forma de dificultar sua identificação pelas câmeras", afirmou José Márcio.

Conforme o delegado, nesta sexta investigadores estiveram na casa do suspeito, no Bairro Bom Pastor, mas ele não estava. Entretanto, os policiais conversaram com o pai do homem e entregaram uma intimação para o filho, que deve prestar depoimento, na próxima segunda-feira, na sede da 1ª Delegacia. José Márcio informou que o suspeito tem antecedentes criminais e já foi preso por tentativa de estelionato e também pode estar envolvido em outros golpes de estelionato.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?