Publicidade

03 de Abril de 2014 - 10:59

Por Tribuna

Compartilhar
 
Locomotiva precisou ficar parada no local
Locomotiva precisou ficar parada no local

Atualizada às 20h30

Uma mulher de 75 anos morreu atropelada por um trem, na manhã desta quinta-feira (3), ao tentar cruzar a linha férrea entre os bairros Araújo e Benfica, na Zona Norte. Segundo a Polícia Militar, por volta das 10h30, Perpetua Clemente da Costa seguia pela travessia da ferrovia para ir a uma farmácia em Benfica, quando foi atingida pela composição. A idosa morava a cerca de cem metros do local do acidente, na Rua Maria Eugênia, no Araújo. Com o impacto, a aposentada foi arremessada por cerca de três metros e caiu às margens da linha. O Samu chegou a ser chamado para socorrer a vítima, mas ela não resistiu aos ferimentos, e o óbito foi confirmado no local. A perícia da Polícia Civil foi acionada para realizar os trabalhos de praxe, e funcionários da MRS Logística também fizeram levantamentos no local.

Após o atropelamento, o trem ficou parado, obstruindo a passagem de nível na entrada do Bairro Araújo. Conforme a assessoria de comunicação da Settra, agentes controlaram o trânsito, que precisou ser interditado no Acesso Norte, mas não houve congestionamentos. De acordo com a filha da vítima, Virgínia Lúcia da Costa Ferreira, 54, ela e a mãe iriam juntas à farmácia. "Ela saiu na minha frente, e eu ainda estava fechando a porta de casa, quando uma vizinha veio correndo me dizer que ela havia sido atropelada. Fui lá e ainda estava respirando, mas a ambulância não chegou a tempo", lamentou emocionada.

Virgínia contou que a mãe morava há mais de 50 anos na residência às margens da linha férrea e estava acostumada a cruzar a ferrovia pela travessia, já que a passarela mais próxima tem degraus, que dificultam o acesso. "Ela andava mais devagar por causa da idade, mas ali sempre foi perigoso." O acidente também causou comoção entre os vizinhos. Perpetua deixou duas filhas e dois netos. O corpo seria encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Em nota, a assessoria da MRS lamentou o falecimento da vítima e informou que, no momento do acidente, a composição férrea trafegava a uma velocidade de 23 km/h, em trecho onde a máxima permitida é de 30 km/h. A concessionária que administra a ferrovia afirmou que o maquinista observou que a idosa iria transpor a linha, tentando se antecipar à passagem do trem, e "aplicou todos os procedimentos de segurança, como acionamento do freio de emergência, buzina, sino e farol". No entanto, o condutor não conseguiu evitar o atropelamento, diante da impossibilidade de frear o trem imediatamente. A empresa alerta para que idosos, crianças e pessoas com dificuldade de locomoção não atravessem sozinhos as vias férreas.

Terceira morte

Perpetua foi a terceira pessoa a morrer após ser atingida por composição férrea na cidade este ano. A primeira vítima foi um homem não identificado, atingido no Bairro Retiro, no dia 11 de janeiro. A outra vítima é um homem, 51, atropelado no dia 18 de fevereiro na passagem de nível do Bairro Democrata, próximo ao Museu Mariano Procópio, Zona Nordeste. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu e faleceu no Hospital Maternidade Therezinha de Jesus oito dias depois. Outro acidente em ferrovia aconteceu no dia 20 de março, quando um trem de manutenção e um carro se envolveram em uma batida na passagem de nível do Bairro Barbosa Lage, Zona Norte. O Gol, que tentava fazer a transposição da linha pela Avenida JK, foi arrastado por cerca de 200 metros. Apesar da violência do impacto, que destruiu o veículo, a motorista, 34, sofreu apenas escoriações e ferimento na testa.

Segundo dados da MRS Logística, em 2013 foram registrados 12 atropelamentos e dois casos de suicídio no trecho da via férrea que corta Juiz de Fora, além de dois abalroamentos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?