Publicidade

29 de Maio de 2014 - 21:46

Por Tribuna

Compartilhar
 

Um dia depois de dezenas de ratos mortos terem sido flagrados na Rua Ewbanck da Câmara, no Bairro Mariano Procópio, próximo a um complexo comercial, a Vigilância Sanitária de Juiz de Fora assegurou que irá fiscalizar a área, mas não tem data para a ação. Os roedores estavam na calçada em frente a um galpão que armazena lenhas de uma pizzaria e a um depósito com todo o lixo do condomínio. Os ratos estavam a aproximadamente 200 metros do local onde funciona uma pizzaria, uma lanchonete, um supermercado e um restaurante. A Tribuna esteve nesta quinta-feira ( 29) na região e constatou que todos os estabelecimentos comerciais estavam funcionando normalmente.

O chefe da Vigilância Sanitária de Juiz de Fora, Lucas França, assegura que a fiscalização ocorrerá nos próximos dias em toda essa área. Ele ainda relata que a inspeção será realizada em conjunto com a Vigilância Ambiental, a fim de verificar a hipótese de que algum fator no meio ambiente possa ter atraído os roedores.

Segundo informações do representante do condomínio comercial Flaviano Costa, em dez anos em que ele trabalha nesse ponto, sempre houve ratos na região, contudo, de acordo com ele, as causas seriam a sujeira que se acumula na praça localizada em frente aos comércios, sendo a maior parte proveniente de andarilhos, além dos diversos bueiros existentes na rua e da proximidade do Rio Paraibuna. "São muitos ratos, baratas, só não apareceu escorpião ainda. Quem passa aqui de noite consegue ver vários ratos passando na rua. Tem cada buraco de ninho deles na praça. Mas isso não tem relação com a pizzaria, pois o galpão está do lado oposto ao estabelecimento." Um funcionário do Clube de Tênis Dom Pedro II, que preferiu não se identificar, comenta que ele presencia esse surto de ratos diariamente há 22 anos.

Conforme informações do representante do condomínio, a situação a respeito da praça já havia sido relatada à Prefeitura. A assessoria de comunicação da Empav afirma que a limpeza nessa área é realizada uma vez na semana e a poda das árvores, a cada 30 dias.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?