Publicidade

22 de Março de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
Motoristas ficam sobre os trilhos no Barbosa Lage
Motoristas ficam sobre os trilhos no Barbosa Lage

Após o acidente ocorrido na noite da última quinta-feira (20) na passagem de nível do Bairro Barbosa Lage, na Zona Norte, quando um carro foi arrastado por cerca de 200 metros, a segurança do local voltou a ser questionada. Segundo a população, motoristas e pedestres estão expostos a riscos na travessia. Nesta sexta, por volta das 18h30, a Tribuna registrou flagrantes de desrespeito às leis de trânsito. Condutores que vinham do bairro em direção à Avenida JK ficaram parados em cima da linha férrea aguardando para acessar a via. Nem a aproximação das composições intimidou os condutores.

"O trem apita para alertar, e o motorista buzina para o da frente andar rápido. Como não tem cancela, as pessoas se arriscam mesmo", comenta o técnico em enfermagem Renato Gama. Ele trabalha em uma lanchonete nas imediações, e auxiliou no socorro da motorista, 33 anos, que se acidentou na quinta. Na ocasião, ela conduzia um Gol pela JK e, ao tentar cruzar a linha, foi atingida por um trem que seguia no sentido Benfica/Centro. O carro foi totalmente destruído mas, a condutora teve apenas escoriações e um ferimento na testa. Na tarde desta sexta, ela estava lúcida, orientada, aguardando avaliação da neurocirurgia para ser liberada do Hospital de Pronto Socorro (HPS).

Segundo o professor Wendel Rodrigues, 37, morador do bairro desde criança, os acidentes no local são frequentes. "O risco é muito grande e no horário de pico é pior. Os motoristas ficam em cima da linha, esperando para entrar na JK, mas quem está vindo na avenida não dá preferência, o que causa engarrafamento. Havia uma cancela antigamente, mas retiraram." A moradora Ismara Batista conta que quase sofreu um acidente na semana passada. "Estava chovendo, era de noite, não ouvi o barulho, e o trem quase bateu no meu carro. Tinha que ter uma cancela aqui, para ficar mais claro."

Por meio da assessoria, a MRS Logística garantiu que a passagem de nível está bem sinalizada, com equipamentos suficientes para preservar a segurança. A empresa informou, ainda, que sempre que ocorre um acidente, há uma investigação completa, e que o ponto será avaliado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?