Publicidade

08 de Julho de 2014 - 15:29

Por Tribuna

Compartilhar
 

Com objetivo de compreender a relação da comunicação com a saúde e a violência, o Grupo Sensus - Comunicação e Discursos, da Faculdade de Comunicação da UFJF realiza, nesta quinta-feira (9), a Jornada Saúde, Sensibilidades e Violência. O evento, que ocorrerá na sala de Demonstração da Faculdade de Educação (Faced), das 8h30 às 12h15 e das 14h às 17h45, é aberto ao público, gratuito e não requer inscrição. A reflexão vai reunir alunos, professores e profissionais de diversas áreas, em mesas de debates. "O evento tem como ênfase pesquisas em comunicação, saúde e violência. Será um encontro, um espaço de conversa, entre alunos e pesquisadores, para discutir questões relativas ao tema, principalmente à saúde", afirma o professor da Faculdade de Comunicação e coordenador do grupo, Wedencley Alves.

Para encerramento da jornada, a mestre em comunicação, Stéphanie Lyanie, vai fazer uma palestra sobre "Comunicação e saúde", quando abordará o discurso das campanhas de mobilização social contra os riscos do HIV/Aids e porque existe uma resistência do público a essas campanhas. "Nessa palestra, irei mostrar os resultados da minha pesquisa de mestrado, que consiste em uma comparação entre os discursos das campanhas de saúde pública e os discursos dos soropositivos, que tiveram grande resistência a elas. Esse público não concorda ou tem dificuldade em colocar em prática o que as campanhas pregam, o que gera um problema para o modelo comunicacional usado, tornando-o ineficiente", afirma Stéphanie.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?