Publicidade

02 de Dezembro de 2013 - 15:52

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 15h50

Mais um homicídio foi registrado em Juiz de Fora no fim de semana. Na tarde de domingo (1), um jovem de 22 anos foi morto a tiros no Bairro Furtado de Menezes, Zona Sudeste. De acordo com informações da Polícia Militar, por volta das 13h30, Jonathan Vinicius Júlio foi encontrado caído com duas perfurações à bala na Rua Carneiro da Silva. A PM compareceu no local após denúncia de disparos. Os tiros ainda atingiram a vidraça da porta da sala de uma casa, mas nenhum morador ficou ferido. O Samu foi acionado e constatou o óbito da vítima no local. Peritos da Polícia Civil realizaram os levantamentos, e o corpo foi encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal (IML). Projéteis de arma de fogo foram recolhidos na cena do crime.

Populares relataram à PM que, depois de ouvirem os estampidos, viram dois homens embarcando em um táxi. Um dos suspeitos, 28, foi identificado e já teria tido desavenças com a vítima. Militares fizeram buscas na região na tentativa de capturar os assassinos, mas ninguém foi preso. O caso está sendo investigados pela Delegacia Especializada de Homicídios.

Na madrugada de sábado (30), uma pessoa já havia sido assassinada a tiros na região Sudeste da cidade. O crime aconteceu na Rua Maranhão, no Bairro São Bernardo. Wagner de Araújo Thomas foi morto com dois disparos no abdômen e dois nas costas.

Baleados

Uma adolescente de 15 anos e um jovem, 20, foram baleados em tentativa de homicídio, na madrugada de domingo, na Rua São José, no Vitorino Braga, também na Zona Sudeste. Conforme a PM, um morador ouviu quatro estampidos, por volta das 4h, e, ao abrir a janela, viu um suspeito correndo com arma em mãos. Durante o atendimento da ocorrência, a PM recebeu informações de que duas vítimas haviam dado entrada no Hospital de Pronto Socorro (HPS). A adolescente foi atingida no ombro, enquanto o rapaz foi alvejado na cabeça. Eles ficaram internados e seriam submetidos a cirurgia. O jovem relatou à PM que o alvo da ação criminosa seria um outro rapaz, que não foi localizado. Ninguém foi preso.

Ainda na mesma região, disparos foram feitos na Rua Henrique Pimenta Braziel, no Jardim Esperança, na tarde de domingo, menos de uma hora depois do homicídio no Furtado. Uma mulher, 47, relatou a militares que estava chegando em casa, quando o carona de uma moto atirou três vezes contra a residência dela. Um vizinho, 19, disse aos policiais que a ação pode ter sido motivada pelo fato de ele estar namorando a ex de um dos suspeitos. A dupla seria moradora do Santo Antônio, mas não foi encontrada.

 

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você pretende substituir o ovo de Páscoa por outros produtos em função do preço?