Publicidade

21 de Fevereiro de 2014 - 14:06

Por Tribuna

Compartilhar
 

Uma confusão em plena Avenida Rio Branco, no Centro de Juiz de Fora, terminou com o motorista de um carro, 40 anos, esfaqueado e com a prisão de um suspeito, 24, no início da noite de quinta-feira. Segundo o boletim de ocorrência da Polícia Militar, pouco depois das 18h, militares compareceram a um apartamento na via, mediante denúncia de que uma pessoa estaria tentando se matar. Quando os policiais chegaram ao local, encontraram o jovem deitado em uma cama, com um ferimento no braço direito. Ao perceber a presença da PM, o rapaz começou a gritar para que os homens saíssem, e a namorada dele interferiu, pedindo para que ele não fosse preso.

O jovem conseguiu correr até a cozinha, pegou uma faca, com cerca de 10cm de lâmina, e passou a ameaçar os policiais de morte, caso eles não deixassem o apartamento. Em seguida, a PM saiu e solicitou apoio, mas, 15 minutos depois, o rapaz passou pela porta com a namorada, desceu as escadas do prédio e começou a correr sozinho pela Avenida Rio Branco, em direção ao São Mateus. Ainda conforme o registro policial, sem qualquer motivo, o jovem desferiu uma facada contra o tórax do condutor de um veículo, que passou por ele.

Após a tentativa de homicídio, o suspeito mudou a direção da fuga, atravessou a avenida e embarcou em um táxi. Um policial militar que passava pelo local percebeu a movimentação e impediu o taxista de partir, dando ordens para todos saírem do carro. O jovem desceu do veículo com a faca em mãos, ameaçando militares e desobedecendo as ordens de parada. O rapaz tentou continuar a fuga correndo em direção ao Manoel Honório, mas acabou detido no cruzamento com a Rua Floriano Peixoto.

O suspeito recebeu voz de prisão em flagrante, mas foi conduzido ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), devido ao ferimento no braço, antes de ser encaminhado para a 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil. Já a vítima ferida no tórax, foi medicada e permaneceu internada no HPS em observação. A faca usada no crime foi apreendida.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você confia nas pesquisas eleitorais?