Publicidade

29 de Janeiro de 2014 - 07:00

Por Marcos Araújo e Sandra Zanella

Compartilhar
 
Na Zona Norte, David Nazário Oliveira foi morto com quatro tiros em uma área de estacionamento
Na Zona Norte, David Nazário Oliveira foi morto com quatro tiros em uma área de estacionamento

Mais dois homicídios foram registrados nesta terça-feira (28) na cidade, um dia depois do assassinato do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Juiz de Fora (CDL/JF) ter chocado a população. No início da tarde, por volta das 14h, David Nazário Oliveira, 28 anos, foi morto com quatro tiros, numa área de estacionamento em frente a uma empresa de ferragens, na Avenida JK, na altura do Bairro Jardim Natal, na Zona Norte. Já Jocimar Rodrigues da Silva, 27, foi assassinado com cinco tiros no Bairro São Sebastião, Zona Leste, durante a madrugada. Desde sexta-feira, cinco mortes violentas foram contabilizadas no município, elevando para 12 o número de óbitos apenas nos primeiros 28 dias de 2014. A sensação de insegurança com tantos homicídios, muitos deles à luz do dia e em locais públicos, assusta, principalmente, diante do quadro de escalada da violência vivenciado pelos juiz-foranos nos últimos dois anos - em 2013 foram 139 mortes em decorrência de crimes, 40% mais do que no ano anterior, quando 99 perderam a vida, e bem mais que o dobro de 2011, quando houve 52 homicídios.

Segundo a PM, no caso da Avenida JK, a vítima, que não era funcionária da fábrica de ferragens, estava no Classic de cor branca em companhia da namorada, quando dois homens armados de revólver atiraram contra ele. O casal esperava a chegada do filho dela, que seria trazido pela avó, no momento em que os criminosos chegaram a pé pelo lado do motorista e atiraram. De acordo com a namorada, que pediu para não ter nome divulgado, "os dois chegaram armados na janela do carro. E, sem dizerem nada, atiraram contra ele e correram". Muita assustada, ela deu graças a Deus porque a violência não ocorreu na frente de seu filho. A Polícia Militar foi acionada e, durante rastreamento, prendeu em flagrante dois homens, de 20 e 24 anos, que foram conduzidos à delegacia, em Santa Terezinha, onde ainda seriam ouvidos até o fechamento desta edição. Conforme o comandante da 269ª Companhia da PM, capitão Flávio Campos, os suspeitos sabiam que esperar o filho da namorada da vítima naquele local fazia parte da rotina do casal e, por isso, aguardaram a presença de David, para matá-lo. A motivação seriam desavenças anteriores entre os envolvidos.

Já no Bairro São Sebastião, de acordo com informações da PM, pouco antes das 2h, moradores da Rua Goiás ouviram disparos. Quando os militares chegaram, viram uma aglomeração de pessoas na Rua Moacir de Brito e souberam que havia uma pessoa ferida atrás do muro de uma residência. O Samu foi acionado e constatou o óbito de Jocimar Rodrigues da Silva. Conforme a PM, peritos da Polícia Civil verificaram perfurações no rosto, peito, costela, braço esquerdo e antebraço direito da vítima. Cinco cartuchos calibre 38 foram recolhidos, além de dois celulares.

O corpo de Jocimar foi encaminhado para necropsia no IML. Os parentes afirmaram que apenas escutaram os estampidos e não presenciaram a ação criminosa. Nesta ocorrência, nenhum suspeito foi identificado. Os dois casos serão investigados pela Delegacia Especializada de Homicídios e Antidrogas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprova o retorno de Dunga para o comando da Seleção Brasileira?