Publicidade

22 de Abril de 2014 - 07:00

Infrações foram anotadas pela Polícia Rodoviária Federal no feriado prolongado, entre quinta e segunda

Por Tribuna

Compartilhar
 
Na BR-040, papa-filas ajudavam a agilizar a cobrança do pedágio em Simão Pereira
Na BR-040, papa-filas ajudavam a agilizar a cobrança do pedágio em Simão Pereira
Segunda-feira também foi de muito movimento na MG-353
Segunda-feira também foi de muito movimento na MG-353

O feriado prolongado foi marcado por um festival de infrações de trânsito. Os radares da Polícia Rodoviária Federal identificaram 5.040 ocorrências de excesso de velocidade na BR-040, no trecho Rio de Janeiro/Belo Horizonte, de quinta-feira até esta segunda (21), com média de 130 km/h, enquanto a máxima permitida é 110km. Somente nesta segunda, na volta do recesso, foram 2.690 flagrantes. No segmento que liga Juiz de Fora ao Rio, foram registradas velocidades de 160km/h e 195km/h, principalmente próximo ao Mirante de JF. De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro, o motorista que ultrapassa em 20% e 50% a máxima permitida incorre em infração grave, com perda de cinco pontos na carteira e cobrança de multa de R$ 127,69. Acima de 50%, a infração é considerada gravíssima, com perda de sete pontos e multa de R$ 574,62.  A polícia também realizou 354 testes de etilômetro, com cinco autuações. Diante do desrespeito à legislação, a PRF alerta para a necessidade de atenção redobrada na volta para casa. 

O movimento nas rodovias federais foi intenso durante toda a segunda-feira, principalmente no período da tarde, já que muitas pessoas deixaram para viajar depois do almoço. Segundo o chefe regional da PRF, inspetor Armstrong de Carvalho, a previsão é que o número de veículos diminua somente nesta terça. Ainda conforme dados da Polícia Rodoviária Federal foram registrados até agora 32 acidentes nas rodovias. Deste total, 17 deles foram sem vítimas, 14 foram com vítimas e um, na altura de Congonhas, com uma pessoa morta. Dezoito pessoas ficaram feridas e uma morreu.

Nas rodovias estaduais, o fluxo de veículos nesta segunda foi 30% maior do que o normal. O relatório parcial da Polícia Militar Rodoviária apontou para sete acidentes, nenhum deles com vítima. Entre Rio Pomba e a divisa do Rio de Janeiro, 30 militares participaram do monitoramento da estrada, com o empenho de sete viaturas e de duas motos. 

 

Detonação de rochas

A partir desta terça, os motoristas que passarem pela Serra de Petrópolis deverão ficar atentos às detonações de explosivos para o desmonte de rochas na 040. Serão afetados a descida da Serra e trecho em Duque de Caxias. De acordo com a Concer, nesta terça-feira, o km 87,5, em Petrópolis, no sentido Rio, será interditado às 14h. A expectativa é que os trabalhos sejam executados durante uma hora. Já no dia 24, na quinta-feira, o mesmo trecho passará por nova interdição, às 14h. No mesmo dia, às 14h30, será a vez de o Km 102, em Duque de Caxias (CODIM - acesso Xerém), ser interditado por até uma hora. As intervenções fazem parte do cronograma de obras da nova subida da Serra da BR-040. Além da detonação de explosivos naquelas áreas, a concessionária informa que vários outros trechos da rodovia permanecerão em meia pista.

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a Justiça agiu corretamente ao permitir, por habeas-corpus, a soltura dos ativistas presos durante a Copa?