Publicidade

08 de Fevereiro de 2014 - 18:26

Número de mortes violentas chega a 20 só neste ano, com média de um crime a cada dois dias

Por Tribuna

Compartilhar
 
  Mais dois homicídios e uma tentativa de assassinato foram registrados na cidade entre a madrugada e o início da manhã de ontem. Com esses dois óbitos, chegou a 20 o número de mortes violentas nos primeiros 39 dias do ano, com a média assustadora de um crime fatal a cada dois dias. Por volta de meia-noite, Luis Cláudio Campos Silva, 33 anos, foi encontrado caído com ferimentos à bala na Rua Custódio Lopes de Matos, no Bairro Vila Esperança II, Zona Norte. Policiais militares da 173ª Companhia faziam na região rastreamento relacionado a outra ocorrência, quando avistaram a vítima. Ela chegou a ser socorrida e encaminhada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, mas não resistiu. 
  Conforme a PM, Luis Cláudio apresentava perfurações no abdômen, costas e ombro. A esposa dele relatou aos militares que o crime teria sido praticado por três homens, mas ela não soube informar a motivação do homicídio. Nenhum suspeito foi encontrado. O corpo foi encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal (IML). 
  Já na manhã de ontem, um jovem foi encontrado morto, ao lado de uma Kombi, na Rua Manoel Alves, no Bairro Santo Antônio, Zona Sudeste. Por volta das 6h30, a PM recebeu informação anônima sobre o caso, e uma equipe seguiu para o local. O óbito foi confirmado pelo Samu. Peritos da Polícia Civil realizaram os levantamentos e constataram que a vítima foi morta com tiros na cabeça. Ela foi identificada como Douglas Mesquita de Oliveira, 20 anos. Ainda conforme a PM, a esposa do jovem disse suspeitar que o assassinato foi motivado por dívida. Ninguém foi preso. 
 
Tentativa de homicídio
  Durante a madrugada de ontem, uma tentativa de assassinato a tiros também mobilizou a PM, desta vez, na Vila Olavo Costa, Zona Sudeste. A ação criminosa aconteceu pouco antes das 2h na Rua Jacinto Marcelino. Populares relataram aos policiais que um suspeito, 20, estava correndo atrás de um jovem, 19, por um beco, afirmando que iria matá-lo. Em seguida, moradores ouviram cinco disparos. A vítima foi encontrada pela irmã caída ao solo e foi socorrida, sendo encaminhada ao Hospital de Pronto Socorro (HPS), onde deu entrada no centro cirúrgico com perfuração no abdômen. O atirador não foi encontrado. Os casos serão investigados pela Delegacia Especializada de Homicídios. 
 
Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?