Publicidade

09 de Dezembro de 2013 - 16:32

Por Tribuna

Compartilhar
 

Atualizada às 16h30

Mais duas pessoas foram assassinadas a tiros no fim de semana, elevando para quatro o número de mortes no período em decorrência de ações violentas em Juiz de Fora. Os casos mais recentes aconteceram na noite de sábado (7). Por volta das 23h, um jovem de 18 anos foi baleado em Benfica, Zona Norte. Segundo informações da Polícia Militar, Abraão Rômulo da Silva foi alvejado na região abdominal na Rua Dona Ana Salles, próximo à Vila Esperança. Ele chegou a ser socorrido, sendo atendido na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte e transferido para cirurgia no Hospital de Pronto Socorro (HPS), mas não resistiu aos ferimentos e morreu, conforme a assessoria da Secretaria de Saúde.

Segundo a PM, militares que faziam patrulhamento pela região estiveram no local, após denúncia de disparo, e viram a vítima caída em via pública. Os policiais receberam informações de que o crime aconteceu após uma briga. Depois da luta corporal, o atirador teria ido buscar o revólver na casa de outro suspeito e atirado na direção de Abraão. A PM fez buscas na tentativa de capturar os envolvidos, mas ninguém foi preso.

Já por volta das 20h de sábado, Edson Jesus do Nascimento, 33, foi assassinado com vários tiros no São Benedito, Zona Leste. Um morador ouviu os disparos e, ao verificar na via pública, encontrou a vítima ferida. O Samu foi acionado e constatou o óbito. Conforme a PM, populares relataram terem escutado tiros semelhantes aos de metralhadora. Dois suspeitos foram apontados, mas nenhum deles foi localizado durante rastreamento. Peritos realizaram levantamentos no local, e o corpo foi encaminhado para necropsia no Instituto Médico Legal (IML).

Ainda no sábado, outro homem, 30, já havia sido encontrado morto após ter sido baleado, desta vez, no Bairro Vivendas da Serra, Zona Nordeste. O corpo de Milton Cândido da Silva Júnior foi localizado por volta das 14h em um terreno na Rua Paulo Affonso Tristão. A suspeita, segundo a PM, é de que Milton tenha sido assassinado na noite anterior. Ele teria sofrido três perfurações no corpo, sendo duas no rosto e uma na costela.

A outra morte violenta registrada no fim de semana aconteceu no sábado em consequência de um crime praticado na quinta-feira. Paulo Sérgio Diolindo, 43, estava internado no HPS desde a noite daquele dia, quando foi baleado na cabeça no Bairro Santa Cruz, Zona Norte. O crime aconteceu por volta das 19h30 na Avenida Doutor Simeão de Faria. Uma cápsula deflagrada de pistola 380 foi apreendida no local. Nenhum suspeito foi localizado. Todos os casos estão sendo investigados pela Delegacia Especializada de Homicídios e Antidrogas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?