Publicidade

16 de Abril de 2014 - 19:38

Análise é feita em caso de mudança curricular; infraestrutura é um dos pontos fortes

Por Camila Caetano

Compartilhar
 

O curso de medicina da UFJF recebeu conceito 5 (nota máxima) na última avaliação realizada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Esse teste é definido pelo Ministério da Educação (MEC) quando há uma mudança curricular na instituição. De acordo com a Secretaria de Avaliação Institucional da universidade, no curso de medicina, houve integração do ciclo básico ao profissional; criação das disciplinas sobre temas integradores em clínica ampliada; alteração do tempo de estágio de 18 para 24 meses; participação do Núcleo de Apoio Pedagógico na difusão de metodologias de ensino; e a melhoria na infraestrutura do curso. "Isso foi possível graças ao esforço da direção, da coordenação, dos docentes e dos discentes para a melhoria do curso e para dar continuidade nas mudanças curriculares que já vinham acontecendo, além do investimento da administração superior", relata o diretor da Faculdade de Medicina, Júlio Chebli.

O secretário de Avaliação Institucional da UFJF, Vanderli Fava de Oliveira, descreve que a análise foi realizada durante quatro dias (2 a 5 de abril) com a presença de dois avaliadores, formados na área, os quais examinaram a organização didático-pedagógica, o corpo docente e a infraestrutura. Para o secretário, a infraestrutura foi um ponto forte, uma vez que o curso conta com prédios novos, bibliotecas, salas e laboratórios de qualidade, além do Hospital Universitário (HU).

Segundo a coordenadora do curso Ivana Moutinho, todas as dimensões avaliadas contribuíram, como a qualidade do projeto pedagógico, a boa estrutura dos docentes, em sua maioria mestres ou doutores, além do trabalho ativo da coordenação e a ótima estrutura física. "Esse conceito vai repercutir em um maior estímulo, reconhecimento e compromisso de trabalho, para manter o curso no topo." Ivana afirma que haverá uma nova reavaliação em três anos.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?