Publicidade

18 de Dezembro de 2013 - 12:33

Por Tribuna

Compartilhar
 

O mestrado em ciência e tecnologia do leite e derivados de Juiz de Fora obteve conceito quatro da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). A nota máxima é cinco. A avaliação foi realizada entre 2010 e 2012 a partir de critérios como infraestrutura, proposta do programa, análise do corpo docente e discente, além de produção intelectual. É a primeira vez que o mestrado teve avaliação em funcionamento pleno, já que o curso começou em 2009. Na primeira análise parcial, o conceito havia sido três. O curso é realizado por meio de uma parceria entre EPAMIG/Instituto de Laticínios Cândido Tostes, UFJF e Embrapa Gado de Leite, tendo formato profissionalizante, além de compartilhamento da infraestrutura e de pesquisas entre os órgãos envolvidos. Em cinco anos de funcionamento, foram recebidos 70 alunos, sendo que 30 já obtiveram o título de mestre, e outros dez defenderão as dissertações até março de 2014.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?