Publicidade

27 de Maio de 2014 - 18:49

Por Tribuna

Compartilhar
 

O feirante que teve 60% do corpo queimado ao tentar combater as chamas que tomavam seu veículo de trabalho, no último dia 26 de abril, morreu, na tarde desta terça-feira (27), no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte. Jorge Alves da Silva morava com o irmão na Rua Custódio Tristão, no Bairro Santa Terezinha, região Nordeste, onde ocorreu o incêndio em sua Kombi. O idoso chegou a ser transferido para a capital mineira, mas não resistiu. O corpo será trazido para Juiz de Fora e posteriormente levado para sua cidade natal, Piau, onde deve ser enterrado. Ele deixa uma filha de 30 anos e uma neta, 14.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?