Publicidade

23 de Dezembro de 2013 - 18:02

Por Tribuna

Compartilhar
 

A titular da Delegacia de Repressão a Roubos, Patrícia Ribeiro de Souza Oliveira, informou que já definiu a linha de investigação para apurar a morte do jovem Leonardo Davy Chagas, de 25 anos. Ele morreu depois de ser ferido no tórax com um objeto cortante ao sair de um bar no Bairro São Mateus, na Zona Sul de Juiz de Fora, na madrugada da última sexta-feira (20). Sem entrar em detalhes a respeito da apuração para não atrapalhar a investigação, a delegada adiantou que irá trabalhar com a suspeita de latrocínio, que é o roubo seguido de morte. Segundo ela, nesta segunda, dois amigos da vítima prestaram depoimentos.

Patrícia afirmou que novos depoimentos ainda serão colhidos e aguarda as imagens das câmeras de segurança do comércio na região, para serem analisadas. No dia do crime, amigos de Leonardo relataram aos policiais que estavam no estabelecimento, na Rua Moraes e Castro, já com as portas fechadas. Por volta das 4h, o jovem deixou o bar sozinho para ir para casa. Logo em seguida, ele teria retornado e começado a bater na porta, pedindo ajuda. Entretanto, quando a entrada foi permitida, a vítima já teria sido socorrida por um desconhecido e levada para o HPS, onde foi a óbito no início da manhã de sexta-feira.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?