Publicidade

16 de Abril de 2014 - 10:44

Por Tribuna

Compartilhar
 

Uma mulher de 42 anos foi arrastada para um matagal e sofreu tentativa de estupro, no início da noite desta terça-feira (15), no Residencial Miguel Marinho, Zona Norte de Juiz de Fora. De acordo com informações do boletim de ocorrência, a vítima retornava do trabalho, por volta das 18h30, e, logo após desembarcar de um ônibus, foi abordada por um homem, que a puxou pelos cabelos. O criminoso tapou a boca da mulher e a conduziu à força até a área de mata. Em seguida, ele deu ordens para ela tirar a roupa, afirmando que iria estuprá-la.

Antes de a violência sexual ser praticada, no entanto, a mulher conseguiu se desvencilhar, mordendo a mão do bandido, e gritou por socorro, sendo acudida por um morador. Diante do crime frustrado, o homem fugiu. O caso mobilizou populares e, com base nas informações que circulavam pelo bairro, uma moradora se apresentou à policia, dizendo suspeitar do pai de seu filho. O suspeito, 45, foi reconhecido pela vítima por meio de fotografia, mas, apesar das buscas, ele não foi localizado.

A mulher abordada pelo criminoso reclamou de dores na cabeça e nos braços. Ela foi conduzida pelos policias até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Norte, onde foi medicada e liberada. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?