Publicidade

24 de Janeiro de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
Muro e passeio continuam sem recomposição
Muro e passeio continuam sem recomposição

O Palacete dos Fellet, na esquina da Rua Espírito Santo com a Avenida Itamar Franco, no Centro, passou por serviço de capina na última quarta-feira (22). No entanto, o buraco no muro do casarão em ruínas, aberto em abril do ano passado, dias após seu tombamento, ainda não foi fechado. A passagem, que facilita o acesso ao imóvel, foi parcialmente obstruída com sacos de entulho. No entanto, a manobra não conteve a entrada de pessoas estranhas no terreno. No mesmo dia da limpeza, a Tribuna flagrou um homem revirando os sacos, como se estivesse à procura de algum objeto, e destruindo um monitor de computador.

O abandono do casarão vem causando problemas para a vizinhança há vários anos, já que o imóvel é frequentado por usuários de drogas. Além disso, oferece riscos aos pedestres, pois o muro está escorado e apresenta estofamento e rachaduras.

Em junho passado, os proprietários do imóvel foram notificados pela Prefeitura. Mesmo assim, a reconstrução do muro e os ajustes no passeio não foram realizados. De acordo com a Secretaria de Atividades Urbanas (SAU), o proprietário foi multado e notificado novamente. Caso não cumpra a determinação, receberá multa progressiva. Contudo, a informação é de que o dono do palacete entrou com recurso junto à Prefeitura, solicitando cancelamento da multa e retirada da notificação. O pedido está em análise.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?