Publicidade

02 de Dezembro de 2013 - 20:33

Por Tribuna

Compartilhar
 
Posto fixo será criado para as duas corporações
Posto fixo será criado para as duas corporações

A Prefeitura anunciou nesta segunda-feira (2) um plano de medidas emergenciais para o Parque Halfeld. Em reunião com secretários, o prefeito Bruno Siqueira garantiu que um posto fixo será criado dentro da praça para Guarda Municipal e Polícia Militar. Também estão previstos a implantação de uma das câmeras do projeto "Olho vivo" no espaço e um novo projeto de iluminação. O objetivo, segundo o prefeito, é garantir segurança 24 horas por dia para os usuários. O plano foi aprovado após as últimas ocorrências no parque. Na última semana, três jovens foram detidos em menos de meia no local, mobilizando Guarda Municipal e Polícia Militar. Um deles por molestar uma professora e os outros dois, moradores de rua, após uma briga. A área também tem sido utilizada pelo tráfico e para prostituição, como já mostrou a Tribuna anteriormente.

No mês passado, estudantes dos 6º e 7º anos do ensino fundamental da Escola Municipal José Calil Ahouagi, no Bairro Marilândia, levaram ao Poder Público uma carta cobrando melhorias físicas e de segurança para o parque. Os alunos, que integram o projeto "Fio de história, memórias e narrativas", desenvolvido na escola, encaminharam o pedido ao prefeito e à Câmara Municipal após visitarem a área.

Um mês depois, o prefeito anunciou as melhorias. "Tudo o que for preciso para melhorar o parque nós vamos fazer. Essa é uma das nossas prioridades", afirmou Bruno. Também foi garantida a reformulação do piso e o aumento de cuidados com a vegetação e com a lavagem do local. Segundo a Prefeitura, os trabalhos começam imediatamente, e o que não puder ser realizado neste fim de ano, em função de orçamento, deve ser elaborado a partir de janeiro.

Como o Parque Halfeld é tombado, os projetos para o posto fixo de vigilância e de iluminação serão apresentados ao Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Cultural (Comppac), conforme explicou o titular da Funalfa, Toninho Dutra.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?